Mundo Alemanha prende três supostos terroristas do "Estado Islâmico"

16:01  12 novembro  2019
16:01  12 novembro  2019 Fonte:   dw.com

Forças do Egito dizem ter matado 83 militantes no Sinai

  Forças do Egito dizem ter matado 83 militantes no Sinai Forças do Egito dizem ter matado 83 militantes no SinaiOs militares não identificaram os militantes ou sua filiação, dizendo ainda que suas forças detiveram 61 possíveis criminosos e encontraram e detonaram 376 artefatos explosivos durantes o período iniciado em 28 de setembro.

A policia alemã prendeu nesta terça-feira (13/09) três cidadãos sírios suspeitos de ligação com o " Estado Islâmico " (EI). Os três teriam chegado ao país em novembro passado, com o objetivo de "cumprir ordens previamente determinadas ou aguardar instruções" da organização extremista.

Cidadã alemã desembarcou com seus três filhos em Frankfurt após deixar campo de prisioneiros controlado pelos curdos. É a primeira vez que o país repatria da Síria um adulto que fez parte da organização jihadista. Alemanha prende três supostos terroristas do " Estado Islâmico " 12.11.2019.

Um alemão de origem macedônia e dois turcos são suspeitos de planejar um atentado com explosivos. Ataque tinha como objetivo matar "o maior número possível de infiéis", afirmam investigadores.

Força especial a polícia alemã em foto de arquivo: 170 policiais participaram da ação para prender suspeitos de terrorismo© Getty Images/S. Steinbach Força especial a polícia alemã em foto de arquivo: 170 policiais participaram da ação para prender suspeitos de terrorismo

A polícia alemã prendeu nesta terça-feira (12/11) na cidade de Offenbach três suspeitos de planejar um ataque a bomba em nome do grupo terrorista "Estado Islâmico" (EI), disseram autoridades alemãs.

Os três suspeitos queriam matar o maior número possível de "infiéis" no ataque, planejado para ocorrer na região metropolitana de Frankfurt/Reno-Meno, afirmou a porta-voz da Promotoria de Frankfurt Nadja Niesen.

Turquia prende irmã de Al-Bagdadi na Síria

  Turquia prende irmã de Al-Bagdadi na Síria Uma irmã de Abu Bakr al-Bagdadi, o líder do grupo extremista Estado Islâmico (EI) que foi morto por tropas americanas no fim de outubro, foi detida no norte da Síria, anunciou uma fonte do governo turco. "A Turquia capturou a irmã de Abu Bakr al-Bagdadi em Azaz", norte da Síria, afirmou a fonte, que pediu anonimato. "Rasmiya Awad, nascida em 1954, foi capturada em uma operação perto de Azaz", completou.Azaz estava com o marido, a nora e cinco crianças."Os três adultos estão sendo interrogados", disse a fonte."O que averiguamos ajudará a Turquia e o resto da Europa em uma proteção mais eficiente dos terroristas".

Estadão - Portal do Estado de S. Paulo. Alemanha está indo além da energia nuclear. Em três capítulos, websérie "Inovação pela Vida" explica a influência dos genes em muitas patologias.

A polícia prendeu três pessoas após um ataque a bomba a um templo sikh em Essen, no oeste da Alemanha . Alemanha prende três supostos terroristas do " Estado Islâmico " 12.11.2019. Um alemão de origem macedônia e dois turcos são suspeitos de planejar um atentado com explosivos.

O principal suspeito é um alemão de 24 anos de origem macedônia. Ele planejava fabricar explosivos e tentou comprar armas de fogo pela internet, conforme os investigadores. Seus dois cúmplices são cidadãos turcos de 22 e 21 anos.

De acordo com Nesen, os três suspeitos teriam contado a conhecidos que eram integrantes do EI.

Substâncias que podem ser usadas para produzir explosivos foram encontradas na casa do principal suspeito. As autoridades também apreenderam documentos e dispositivos eletrônicos.

Cerca de 170 policiais participaram das batidas em três apartamentos em Offenbach, prendendo os suspeitos provisoriamente.

MD/rtr/dpa

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no

Facebook | Twitter | YouTube | App | Instagram | Newsletter

Pompeo pede que coalizão recupere detidos do Estado Islâmico e reforce recursos .
Pompeo pede que coalizão recupere detidos do Estado Islâmico e reforce recursosWASHINGTON (Reuters) - O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, fez um apelo nesta quinta-feira aos membros da coalizão que combate o Estado Islâmico a levarem os militantes do grupo detidos de volta aos seus países e reforçar seu financiamento para ajudar a restaurar a infraestrutura do Iraque e da Síria, que foram seriamente danificadas pelo conflito.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 3
Isto é interessante!