Mundo Representantes de Guaidó tomam controle de embaixada da Venezuela no Brasil

14:00  13 novembro  2019
14:00  13 novembro  2019 Fonte:   estadao.com.br

Representantes de Guaidó tomam controle de embaixada da Venezuela no Brasil

  Representantes de Guaidó tomam controle de embaixada da Venezuela no Brasil Nesta quarta-feira, um piloto de helicóptero que estava combatendo um incêndio florestal no estado australiano de Queensland sobreviveu a uma queda potencialmente fatal com apenas alguns ferimentos leves.

Segundo a equipe de Guaidó , funcionários da embaixada permitiram o acesso ao local de Tomas Silva, ministro-conselheiro acreditado pelo Brasil . A embaixadora Maria Teresa Belandria não está no País. Segundo comunicado dela, um grupo de funcionários decidiu abrir as portas e entregar as

Segundo a equipe de Guaidó , funcionários da embaixada permitiram o acesso ao local de Tomas Silva, ministro-conselheiro acreditado pelo Brasil . São Paulo — Pela primeira vez, representantes do opositor Juan Guaidó , reconhecido como presidente da Venezuela pelo Brasil , conseguiram

Grupo ligado ao opositor de Nicolás Maduro consegue acesso da representação diplomática horas antes do início da Cúpula dos Brics.© Foto: Valery Sharifulin/Tass/Getty Grupo ligado ao opositor de Nicolás Maduro consegue acesso da representação diplomática horas antes do início da Cúpula dos Brics.

Representantes do opositor Juan Guaidó, reconhecido como presidente da Venezuela pelo Brasil, conseguiram pela primeira vez acesso à embaixada do país em Brasília, na madrugada desta quarta-feira, horas antes do início das atividades da 11.ª Cúpula do BRICS, que reúne os líderes de Rússia, India, China e África do Sul, países que apoiam a permanência de Nicolás Maduro no poder.

Segundo a equipe de Guaidó, funcionários da embaixada permitiram o acesso ao local de Tomas Silva, ministro-conselheiro acreditado pelo Brasil. A embaixadora Maria Teresa Belandria não está no País.

Embaixada da Venezuela em Brasília é invadida por apoiadores de Guaidó

  Embaixada da Venezuela em Brasília é invadida por apoiadores de Guaidó Na madrugada desta terça-feira, 13, representantes de Juan Guaidó, autodeclarado presidente da Venezuela, entraram pela primeira vez na embaixada da Venezuela em Brasília . Guaidó se tornou presidente interino no início deste ano, reconhecido por 50 países, entre eles, Brasil e Estados Unidos.© Antonio Cruz/Agência Brasil Juan Guaidó, líder da oposição na Venezuela, com Jair Bolsonaro em Brasília O episódio aconteceu às vésperas da 11ª Cúpula do Brics, que reúne os líderes de Rússia, Índia, China e África do Sul – países que apoiam que Nicolás Maduro continue no poder.

Representantes do opositor Juan Guaidó , reconhecido pelo Brasil como presidente da Venezuela Foto: Reuters. Segundo a equipe de Guaidó , funcionários da embaixada permitiram o acesso de A diplomacia de Guaidó vinha tentando tomar o prédio e desalojar os funcionários enviados por

BRASÍLIA - Representantes do opositor Juan Guaidó , reconhecido como presidente da Venezuela pelo Brasil O ministro-conselheiro acreditado pelo Brasil , Tomas Silva, está reunido com o grupo de Guaidó . Ele alegou que o grupo foi convidado por funcionários da embaixada e não houve invasão.

Segundo comunicado dela, um grupo de funcionários decidiu abrir as portas e entregar as chaves da embaixada voluntariamente, bem como reconhecer Guaidó como legítimo presidente.

Houve um princípio de confusão e a polícia militar foi acionada. O adido militar chavista, leal ao regime, ficou do lado de fora.

É a primeira vez que eles entraram na sede, ainda controlada pelo chavistas, desde que presidente Jair Bolsonaro aceitou as credenciais da equipe de Guaidó, no início do ano.

A diplomacia de Guaidó vinha tentando tomar o prédio e desalojar os funcionários enviados por Maduro – que não tem mais relacionamento diplomático com o Brasil.

_______________________

Agora, eles pedem que os servidores de sete consulados venezuelanos no País façam o mesmo e garantem ajuda para deixar o Brasil, caso desejem.

Ocupação temporária da embaixada da Venezuela em Brasília é destaque na imprensa internacional .
A ocupação da embaixada da Venezuela em Brasília por partidários do líder opositor venezuelano Juan Guaidó durou mais de treze horas. Mesmo os militantes deixaram a representação diplomática pacificamente, o episódio mostrou as falhas da segurança local e chamou a atenção da imprensa internacional. Os partidários do líder da oposição venezuelana Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino por cerca de cinquenta países, anunciaram no final da tarde desta quarta-feira (13) que iriam deixar o prédio da embaixada de Caracas em Brasília, invadido no início do dia.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!