Mundo: A invasão da Embaixada da Venezuela em Brasília que ofusca início da cúpula do Brics - - PressFrom - Brasil

Mundo A invasão da Embaixada da Venezuela em Brasília que ofusca início da cúpula do Brics

17:05  13 novembro  2019
17:05  13 novembro  2019 Fonte:   bbc.com

Representantes de Guaidó tomam controle de embaixada da Venezuela no Brasil

  Representantes de Guaidó tomam controle de embaixada da Venezuela no Brasil Representantes de Guaidó tomam controle de embaixada da Venezuela no BrasilSegundo a equipe de Guaidó, funcionários da embaixada permitiram o acesso ao local de Tomas Silva, ministro-conselheiro acreditado pelo Brasil. A embaixadora Maria Teresa Belandria não está no País.

Representantes do opositor Juan Guaidó, reconhecido pelo Brasil como presidente da Venezuela , conseguiram pela primeira vez acesso à embaixada do País em Brasília , na madrugada desta quarta-feira (13), horas antes do início das atividades da 11.ª Cúpula do Brics , que reúne os líderes de

247 - A embaixada da Venezuela em Brasília foi invadida por um grupo neofascista na madrugada desta quarta-feira (13). A ação aparentemente teve apoio do governo Bolsonaro. Encarregado de Negócios da embaixada pediu apoio dos partidos democráticos e movimentos sociais que

Não está claro se houve uma invasão ou se uma parte dos diplomatas que representam o governo Maduro desertaram e convidaram os apoiadores de Guaidó© Sergio Moraes/Reuters Não está claro se houve uma invasão ou se uma parte dos diplomatas que representam o governo Maduro desertaram e convidaram os apoiadores de Guaidó

Poucas horas antes do início da Cúpula do Brics em Brasília, em que o presidente Jair Bolsonaro recebe os líderes de China, Rússia, Índia e África do Sul, um grupo ligado ao autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, entrou na embaixada venezuelana na capital federal.

A representação da Venezuela em Brasília, ao menos até essa madrugada, continuava sob comando de diplomatas ligados ao governo de Nicolás Maduro — que o Brasil não reconhece mais como mandatário do país, mas segue tendo apoio dos demais países do BRICS.

Representantes de Guaidó tomam controle de embaixada da Venezuela no Brasil

  Representantes de Guaidó tomam controle de embaixada da Venezuela no Brasil Nesta quarta-feira, um piloto de helicóptero que estava combatendo um incêndio florestal no estado australiano de Queensland sobreviveu a uma queda potencialmente fatal com apenas alguns ferimentos leves.

Divergências sobre Venezuela afetaram cúpula , afirma professor. De acordo com o Itamaraty, a decisão de não convidar outros países para participar da cúpula do Brics decorreu de uma escolha por priorizar o fortalecimento da cooperação dentro do bloco. Já nos bastidores da diplomacia

Hoje, em Brasília , grupo ligado ao ilegítimo Juan Guaidó invade a Embaixada da Venezuela em reforço a toda ação violenta do imperialismo na América Latina. Força e solidariedade aos venezuelanos na embaixada ! Pela autodeterminação dos povos, a decisão do povo deve ser

O episódio tem potencial de elevar a tensão entre os membros do grupo durante a Cúpula.

De acordo com o Itamaraty, não está claro se houve uma invasão ou se uma parte dos diplomatas que representam o governo Maduro desertaram e convidaram os apoiadores de Guaidó.

O presidente Jair Bolsonaro recebeu o líder chinês Xi Jinping na cúpula do Brics© Adriano Machado/Reuters O presidente Jair Bolsonaro recebeu o líder chinês Xi Jinping na cúpula do Brics

No momento, um diplomata e um policial do Batalhão do Rio Branco (unidade da Polícia Militar do Distrito Federal que cuida da segurança das embaixadas) estão no local mediando as negociações entre os lados e com objetivo de evitar conflitos, já que o Brasil é obrigado por leis internacionais a proteger a integridade de todos os estrangeiros em solo brasileiro.

Embaixada da Venezuela em Brasília é invadida por apoiadores de Guaidó

  Embaixada da Venezuela em Brasília é invadida por apoiadores de Guaidó Na madrugada desta terça-feira, 13, representantes de Juan Guaidó, autodeclarado presidente da Venezuela, entraram pela primeira vez na embaixada da Venezuela em Brasília . Guaidó se tornou presidente interino no início deste ano, reconhecido por 50 países, entre eles, Brasil e Estados Unidos.© Antonio Cruz/Agência Brasil Juan Guaidó, líder da oposição na Venezuela, com Jair Bolsonaro em Brasília O episódio aconteceu às vésperas da 11ª Cúpula do Brics, que reúne os líderes de Rússia, Índia, China e África do Sul – países que apoiam que Nicolás Maduro continue no poder.

da Venezuela em Brasília , de madrugada, por alguns elementos de direita, não é um ato de terror planejado para coincidir com a chegada dos presidentes dos Brics – entre Há representantes do governo venezuelano e brasileiros dentro da Embaixada e a coisa vai ter consequências gravíssimas.

Cúpula reunirá os presidentes da Rússia, China, Índia, Brasil e África do Sul, em Brasília , entre os dias 13 e 14 de novembro. O Brasil ocupa a presidência pró-tempore do bloco e buscará obter "resultados concretos" durante a Cúpula .

A unidade consular continuou funcionando sob comando do governo Maduro devido à necessidade do Brasil de também manter sua unidade consular em Caracas dando apoio aos brasileiros que vivem na Venezuela.

Embora o governo de Jair Bolsonaro reconheça Guaidó como presidente da Venezuela, o Itamaraty não esclareceu qual o "desfecho" que interessa ao Brasil nessa mediação.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, se reuniu pela manhã com o presidente Jair Bolsonaro para discutir a situação. Às 11h, Bolsonaro teve um encontro bilateral com o presidente chinês Xi Jinping.

Reconhecimento

María Teresa Belandria Expósito, reconhecida pelo governo brasileiro como embaixadora de Guaidó no Brasil, disse por meio de uma nota que "um grupo de funcionários da embaixada da Venezuela no Brasil se comunicou conosco para nos informar que reconhecem o presidente Juan Guaidó".

Jair Bolsonaro manifestou repudio à invasão da Embaixada da Venezuela

  Jair Bolsonaro manifestou repudio à invasão da Embaixada da Venezuela Jair Bolsonaro manifestou repudio à invasão da Embaixada da Venezuela , em Brasília, por um grupo de 20 venezuelanos partidários do autoproclamado presidente Juan Guaidó, opositor do presidente Nicolás Maduro.- Diante dos eventos ocorridos na Embaixada da Venezuela, repudiamos a interferência de atores externos. Estamos tomando as medidas necessárias para resguardar a ordem pública e evitar atos de violência, em conformidade com a Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas.— Jair M.

Grupo protesta contra entrada de apoiadores de Juan Guaidó na Embaixada da Venezuela em Brasília — Foto: TV Globo/Reprodução. Apoiadores do presidente autoproclamado da Venezuela , Juan Guaidó, entraram na embaixada da Venezuela , em Brasília , na manhã desta terça-feira (13).

Apoiadores de Guaidó entram na embaixada da Venezuela em Brasília . Embaixadora designada por Guaidó disse que funcionários abriram as portas voluntariamente. Encontro de líderes. ASSISTA: Bolsonaro recebe presidente da China para os Brics . Cúpula reúne chefes de Brasil , Rússia, Índia

"Eles abriram as portas e entregaram voluntariamente a sede diplomática à representação legitimamente credenciada no Brasil. Esta ação foi imediatamente comunicada ao Ministério das Relações Exteriores", afirma ainda Belandria no comunicado.

A nota diz ainda que a embaixadora de Guaidó que os demais funcionários da Embaixada foram covidados a continuar trabalhando na embaixada como representantes do governo autoproclamado.

Segundo a agência de notícias russa Sputnik, o governo de Maduro cobrou do Brasil que garanta a segurança da embaixada venezuelana, em acordo com a Convenção de Viena sobre relações diplomáticas.

"O apelo ao governo brasileiro é que ele garanta respeito à imunidade de nossa embaixada sob a Convenção de Viena. Esperamos que isso não se torne um precedente importante", afirmou o vice-ministro para a Europa do Ministério das Relações Exteriores da Venezuela, Yvan Gil, ao Sputnik.

"Não temos muita informação até agora, mas às 4 da manhã (no horário de Brasília) grupos irregulares vinculados a Guaidá entraram violentamente na embaixada na tentativa de ocupar o prédio", acrescentou Gil, segundo a agência russa.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

https://youtu.be/JMmepPn_5PU

https://www.youtube.com/watch?v=fwcTEHJVNJM

https://www.youtube.com/watch?v=vV4Xi-CizJA

Embaixada russa 'esquece' de Bolsonaro em foto do Brics .
Imagem postada no Twitter é de cúpula com Michel TemerNa mensagem, a representação diplomática cita uma declaração do mandatário Vladimir Putin sobre energia nuclear e diz que Moscou está pronta para expandir a cooperação no setor com Brasil, Índia, China e África do Sul.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 2
Isto é interessante!