Mundo Bolsonaro se retrata por ter criticado a China, diz jornal

18:20  15 novembro  2019
18:20  15 novembro  2019 Fonte:   poder360.com.br

Queremos diversificar nossas relações comerciais com a China, diz Bolsonaro

  Queremos diversificar nossas relações comerciais com a China, diz Bolsonaro Encontrou Xi Jinping. Reunião no Itamaraty. 1º dia da Cúpula do Brics. Países assinaram acordosEste foi o 2º encontro entre Bolsonaro e Xi Jinping em menos de 1 mês. Desta vez, o motivo foi a 11ª Cúpula do Brics, que acontece em Brasília. Assim como na visita do presidente brasileiro àquele país, foram assinados protocolos e memorandos pelas partes.

O presidente Jair Bolsonaro se retratou com a China , segundo o jornal Folha de S.Paulo, em reunião reservada na manhã de 6ª feira (14.nov) com os líderes do Brics –grupo que, além do Brasil e do país asiático, reúne Rússia, Índia e África do Sul. Ele se referiu, de acordo com o jornal , a críticas feitas

Presidente da China se pronuncia sobre guerra comercial com EUA - Продолжительность: 1:32 tvbrasil 9 Eduardo Bolsonaro culpa China por pandemia e embaixa cobra retratação Ataque à China : Bolsonaro diz que pode ligar a Xi Jinping - Продолжительность: 2:46 Band Jornalismo 191

O presidente Jair Bolsonaro (esq.) busca se aproximar do presidente chines Xi Jinping© Marcos Corrêa/PR O presidente Jair Bolsonaro (esq.) busca se aproximar do presidente chines Xi Jinping

O presidente Jair Bolsonaro se retratou com a China, segundo o jornal Folha de S.Paulo, em reunião reservada na manhã de 6ª feira (14.nov) com os líderes do Brics –grupo que, além do Brasil e do país asiático, reúne Rússia, Índia e África do Sul. Ele se referiu, de acordo com o jornal, a críticas feitas na época das eleições de 2018.

Em 2018, Bolsonaro disse várias vezes que os chineses estavam “comprando o Brasil”. Na reunião com os chefes de Estado do Brics, afirmou, segundo o jornal, ele disse que as afirmações foram feitas  na condição de candidato e que hoje todos  sabem que  isso não reflete a verdade.  Participaram da reunião o presidente da China, Xi Jinping; o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa; e o presidente da África do Sul, Narenda Modi.

O que explica o interesse da China em investir no petróleo brasileiro?

  O que explica o interesse da China em investir no petróleo brasileiro? O que explica o interesse da China em investir no petróleo brasileiro?Nenhuma empresa de outro país, além de Brasil e China fez ofertas pelas dez áreas de petróleo oferecidas, embora companhias de 13 países, como Inglaterra, EUA e França, estivessem inscritas nos leilões.

Bolsonaro reforça que Guedes segue sendo seu “Posto Ipiranga” e diz que vai vetar trecho que exclui categorias do congelamento salarial em projeto de

As críticas do deputado Eduardo Bolsonaro à China , feitas em postagens ontem à noite, não refletem a Só então Eduardo Bolsonaro voltou a se manifestar. Em nota, disse: “Jamais ofendi o povo chinês Desembargadora que autorizou operação na casa e no gabinete do prefeito do Rio diz que

Não foram apenas as palavras de Bolsonaro que desagradaram o governo chinês. Em março de 2018, o deputado federal e foi criticado em carta por ter visitar Taiwan. A China considera o território, com governo autônomo, uma província rebelde.

Na 4ª feira (13.nov),  1º dia  do encontro do Brics, Bolsonaro já  fez acenos de deferência em relação a Xi Jinping. Ao lado do presidente chinês, disse que “mais do que ampliar, quer diversificar as relações comerciais com a China.

Bolsonaro é 1 admirador  do presidente norte-americano, Donald Trump. Atualmente, os Estados Unidos e a China travam uma guerra comercial. No entanto, a China é 1 dos principais parceiros econômicos do Brasil e, por isso, o desde o início do mandato Bolsonaro busca estreitar laços com o país asiático. Os chineses também têm  se esforçado para isso. Em agosto, o diplomata chinês Qu Yuhui, que tem o 2º cargo mais importante na embaixada do país em Brasília, disse que as críticas internacionais   ao governo brasileiro pela política ambiental eram injustas.

Nesta semana, a China disponibilizou R$ 100 bilhões de pelo menos 5 fundos estatais para uma nova rodada de investimentos no Brasil. A verba servirá para financiar, principalmente, projetos de infraestrutura brasileiros.

Brasil vai cada vez mais 'tratar com o devido carinho, respeito e consideração' a China, diz Bolsonaro .
Presidente, que durante a campanha chegou a dizer que país asiático estava 'comprando o Brasil', passou a adotar uma linguagem mais amigável com o maior parceiro comercial do Brasil. Há poucas semanas, ele esteve na China em visita oficial. Depois disso, as empresas chinesas CNOOC e CNODC se associaram minoritariamente à Petrobras na aquisição de dois campos de petróleo no pré-sal, reduzindo o fracasso do "mega-leilão" promovido pelo governo."A China cada vez mais faz parte do futuro do Brasil.

Vídeos temáticos:

usr: 1
Isto é interessante!