Mundo Trump ataca ex-embaixadora na Ucrânia que depõe em inquérito sobre impeachment

20:16  15 novembro  2019
20:16  15 novembro  2019 Fonte:   reuters.com

Inquérito de impeachment de Trump entrará em fase crítica com audiências públicas na semana que vem

  Inquérito de impeachment de Trump entrará em fase crítica com audiências públicas na semana que vem Inquérito de impeachment de Trump entrará em fase crítica com audiências públicas na semana que vemWASHINGTON (Reuters) - O inquérito de impeachment iniciado contra o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por ter pressionado a Ucrânia a investigar um rival político entrará em uma fase crítica na semana que vem, quando um comitê parlamentar liderado por democratas realizará suas primeiras audiências públicas sobre o tema.

Ex - embaixadora dos EUA na Ucrânia depõe em inquérito sobre impeachment de Trump . O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , atacou a ex - embaixadora norte-americana na Ucrânia Marie Yovanovitch em publicações no Twitter nesta sexta-feira (15)

Ex - embaixadora dos EUA na Ucrânia depõe em inquérito sobre impeachment de Trump . O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , atacou a ex - embaixadora norte-americana na Ucrânia Marie Yovanovitch em publicações no Twitter nesta sexta-feira (15).

.© Reuters/TOM BRENNER .

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, atacou a ex-embaixadora norte-americana na Ucrânia Marie Yovanovitch em uma série de publicações no Twitter nesta sexta-feira, enquanto ela prestava depoimento em audiência sobre inquérito do impeachment.

Trump, alvo da investigação, disse que "tudo ficou mal nos lugares por onde Marie Yovanovitch passou", destacando que "é um direito absoluto do presidente dos EUA indicar embaixadores".

Os ataques no Twitter foram feitos depois de Yovanovitch ter defendido suas credenciais como diplomata de carreira e também sua luta contra a corrupção na Ucrânia.

O foco do inquérito de impeachment é um telefonema em 25 de julho, no qual Trump pediu ao presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, eleito em maio, para abrir as investigações.

Os democratas estão investigando se Trump abusou de seu poder retendo 391 milhões de dólares em ajuda de segurança dos EUA à Ucrânia como forma de pressão. O dinheiro, aprovado pelo Congresso dos EUA para ajudar um aliado dos EUA a combater os separatistas apoiados pela Rússia na parte oriental do país, foi posteriormente fornecido à Ucrânia.

(Por Susan Heavey)

Depoimentos do impeachment de Trump têm queda na audiência nos EUA .
Do 1º ao 5º dia, queda foi de 18,1%Contudo, enquanto as investigações ganham velocidade, a audiência dos depoimentos televisionados perdem força. Iniciada em 13 de novembro, a fase de entrevistas públicas é a 1ª oportunidade para os norte-americanos terem acesso ao vivo sobre o que os depoentes acusam Trump.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!