Mundo: Militares da Bolívia utilizam veículos blindados para liberar bloqueio a instalação de gás - - PressFrom - Brasil

Mundo Militares da Bolívia utilizam veículos blindados para liberar bloqueio a instalação de gás

00:11  20 novembro  2019
00:11  20 novembro  2019 Fonte:   reuters.com

Chefe de polícia da Bolívia diz que não há mandado de prisão contra Morales

  Chefe de polícia da Bolívia diz que não há mandado de prisão contra Morales Chefe de polícia da Bolívia diz que não há mandado de prisão contra MoralesMorales, que renunciou no domingo em meio a conflitos resultantes da polêmica eleição de 20 de outubro, denunciara anteriormente no Twitter o que chamou de mandado policial "ilegal" para sua prisão, alegando que "grupos violentos" atacaram sua casa.

Um veículo blindado de transporte de pessoal (VBTP, em inglês APC, armoured personnel carrier), é um veículo blindado utilizado para o transporte de tropas, feridos, e equipamento. Ao contrário do carro de combate, é mais leve e possui menos blindagem e armamento

A decisão de comprar veículos blindados foi tomada no pano de fundo da decisão da Lituânia de aumentar os seus gastos militares em cerca de 30%. O pretexto para isso foi a alegada “agressão russa” na Ucrânia, escreveu a publicação online norte-americana Defense News.

.© Reuters/David Mercado .

Por Daniel Ramos e David Mercado

LA PAZ (Reuters) - A polícia e as forças militares da Bolívia utilizaram veículos blindados e helicópteros para desobstruir o acesso a uma grande instalação de gás na cidade de El Alto nesta terça-feira, em uma demonstração de força após os bloqueios na entrada da planta terem interrompido a oferta de combustível a La Paz.

Os helicópteros sobrevoaram estradas nas proximidades da instalação de gás de Senkata, operada pela estatal YPFB, que estavam bloqueadas por diversos pneus incendiados, de acordo com testemunha da Reuters. Os manifestantes demandam o retorno do ex-presidente Evo Morales.

México diz que oferecerá asilo a boliviano Morales se ele solicitar

  México diz que oferecerá asilo a boliviano Morales se ele solicitar México diz que oferecerá asilo a boliviano Morales se ele solicitarLiderado pelo presidente Andrés Manuel López Obrador, o governo do México fez uma defesa enfática de Morales, que no domingo anunciou sua renúncia. A Bolívia vem sendo abalada por protestos contra uma eleição contestada, e os militares pediram a saída do presidente.

Bolívia , oficialmente Estado Plurinacional da Bolívia (em castelhano: Estado Plurinacional de Bolivia ; em quíchua: Buliwya Mamallaqta; em aimará: Wuliwya Suyu; em guarani: Tetã Volívia), é um país encravado no centro-oeste da América do Sul.

De acordo com dados preliminares, 13 militares dos EUA ficaram com ferimentos", diz o comunicado. No caso de violação repetida das regras e de novo bloqueio , o acesso do usuário não pode ser restaurado, o bloqueio neste caso será completo.

Morales renunciou em 10 de novembro, em meio a protestos contra seu governo e a crescente pressão causada pelas alegações de fraudes eleitorais, após uma auditoria da Organização dos Estados Americanos (OEA) encontrar graves irregularidades no pleito de 20 de outubro.

Desde então, porém, apoiadores de Morales ampliaram suas manifestações, exigindo a renúncia da presidente em exercício Jeanine Áñez e o retorno do ex-presidente. A crescente violência no país já resultou na morte de mais de 20 pessoas em disputas nas ruas.

DESESPERO

Os bolivianos estão começando a sentir os efeitos colaterais das semanas de tumultos no país sul-americano, já que os bloqueios dos apoiadores de Evo Morales em rotas de transporte cruciais estão agravando a falta de combustíveis e deixando os mercados desabastecidos de produtos básicos.

México denuncia "golpe" na Bolívia e reconhece Morales como presidente "legítimo"

  México denuncia México denuncia "golpe" na Bolívia e reconhece Morales como presidente "legítimo"O chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, disse que o governo do presidente Andrés Manuel López Obrador não reconhecerá um governo de caráter militar na Bolívia.

Cerca de 1000 tanques e veículos blindados são mantidos lá para treinar 7 mil soldados por ano. A América opera em seis bases da RAF no Reino Unido. A RAF Croughton é um dos maiores centros de comunicações militares da Europa e administra 30pc de todo o trânsito militar dos EUA na Europa.

Segundo informaram fontes militares à Anadolu, para a região de Elbeyli, na província de Kilis perto da fronteira com Síria, foram enviados tanques, veículos blindados O Exército da Turquia começou, em 24 de agosto de 2016, a operação militar Escudo do Eufrates contra os combatentes do Daesh

Em La Paz, a sede do governo, as ruas estão silenciosas porque as pessoas estão economizando gasolina, enquanto a procura por alimentos cria filas. Pessoas se alinharam com galões de gasolina perto da instalação de combustível interditada de Senkata nesta terça-feira.

Imagens mostraram alguns caminhões-tanque aparentemente furando os bloqueios, com uma forte presença militar e policial.

"Infelizmente isso está acontecendo há três, quatro semanas, então as pessoas estão desesperadas para comprar tudo que encontram", disse Ema Lopez, aposentada de 81 anos de La Paz.

Daniel Castro, trabalhador de 63 anos que mora na capital, culpa Morales pelo que chamou de "terrorismo alimentar".

"Isso é o caos, vocês estão vendo o caos na Praça Villarroel (de La Paz), com mais de 5 mil pessoas esperando para ter um frango", disse.

O ministro de Hidrocarbonetos do país, Victor Hugo Zamora, afirmou nesta terça-feira que está tentando liberar o fornecimento de combustíveis para La Paz. Ele pediu que os movimentos pró-Morales se juntem às negociações e permitam que as atividades econômicas sejam retomadas.

(Reportagem de Daniel Ramos, David Mercado, Monica Machicao, Miguel Lo Bianco e Gram Slattery)

Confrontos entre manifestantes e militares deixam três mortos na Bolívia .
Confrontos entre manifestantes e militares deixam três mortos na Bolívia"Se constatou a existência de três mortos, dois deles confirmados (por impacto) de bala", inclusive Dayvi Posto Cusi, de 31 anos, disse um porta-voz da Defensoria do Povo à AFP.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!