Mundo Colômbia fecha fronteiras para evitar participação de estrangeiros em protesto

01:28  20 novembro  2019
01:28  20 novembro  2019 Fonte:   reuters.com

Turquia repatria jihadistas estrangeiros do "Estado Islâmico"

  Turquia repatria jihadistas estrangeiros do Ancara deporta alemão, dinamarquês e americano que lutaram com grupo terrorista. Turquia pretende deportar até 1.300 prisioneiros. Países europeus revogaram cidadanias para tentar evitar retorno de terroristas. © Getty Images/AFPB. Kilic De acordo com Ancara, cerca de 1.200 jihadistas do EI estão em prisões turcas A Turquia começou a repatriar nesta segunda-feira (11/11) jihadistas estrangeiros do grupo terrorista "Estado Islâmico" (EI) que foram capturados no norte da Síria. Um alemão, um dinamarquês e um americano foram os primeiros deportados por Ancara.

A Colômbia fechará suas fronteiras terrestres e fluviais em uma iniciativa para impedir a possível Presidente da Colômbia , Iván Duque, dá entrevista a jornalistas em Washington 27/09/2019 Os protestos convocados por estudantes, setores da esquerda e sindicatos buscam rechaçar medidas

Uma jornada de manifestações foi convocada por setores da esquerda da Colômbia para a próxima quinta-feira (21). Em uma iniciativa para impedir a possível infiltração de estrangeiros nos protestos , o governo colombiano fechará suas fronteiras terrestres e fluviais. O presidente Iván Duque teme

Presidente da Colômbia, Iván Duque, dá entrevista a jornalistas em Washington© Reuters Presidente da Colômbia, Iván Duque, dá entrevista a jornalistas em Washington

BOGOTÁ (Reuters) - A Colômbia fechará suas fronteiras terrestres e fluviais em uma iniciativa para impedir a possível infiltração em uma jornada de manifestações nacionais convocada para a próxima quinta-feira e que o governo teme que possa desencadear atos de violência e vandalismo, anunciou nesta terça-feira a autoridade de imigração do país.

A medida estará em vigor na primeira hora de quarta-feira até a manhã de quinta-feira em 12 postos de controle migratório nas fronteiras com o Brasil, Equador, Peru e Venezuela, afirmou a jornalistas o diretor da Migración Colombia, Christian Krüger.

Turquia repatria jihadistas estrangeiros do ‘Estado Islâmico’

  Turquia repatria jihadistas estrangeiros do ‘Estado Islâmico’ Os deportados já estavam detidos. Voltarão para os países de origemAs deportações ocorrem pouco mais de uma semana após o ministro do Interior turco, Suleyman Soylu, afirmar que o país não era 1 “hotel” para jihadistas e criticar os países ocidentais que relutavam em receber de volta seus cidadãos que haviam se juntado ao EI. Soylu anunciou ainda que serão deportados até mesmo combatentes que tiveram suas cidadanias revogadas.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve esta semana, no Aeroporto do Porto, um cidadão estrangeiro , alvo de um mandado de captura internacional para efeitos de extradição para a Suíça, pela prática de assaltos a residências com recurso ao uso de violência naquele País.

O fechamento das passagens fronteiriças foi estabelecimento, ainda de acordo com a visão de Maduro, justamente para evitar que as notas de 100 que A medida de supressão da nota de maior valor na Venezuela agravou a escassez de moeda do país e provocou protestos em várias cidades.

"O governo nacional, na intenção de garantir a tranquilidade das marchas no próximo dia 21 de novembro tomou a decisão de fechar as fronteiras terrestres e fluviais, são 12 pontos de entrada e saída de cidadãos nacionais e estrangeiros", explicou o diretor.

"Esta é uma medida que pretende evitar que estrangeiros ingressem no território nacional com a intenção de alterar a ordem pública e a segurança", acrescentou Krüger.

Os protestos convocados por estudantes, setores da esquerda e sindicatos buscam rechaçar medidas como uma reforma trabalhista e outra previdenciária que estão sendo promovidas pelo governo do presidente Iván Duque, que negou repetidamente as intenções de atrapalhar a jornada de paralisações.

O governo colombiano teme que os protestos acabem em atos de violência e distúrbios como os que foram vistos nas últimas semanas em cidades latino-americanas como Quito, Santiago e La Paz.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

Organizada do Palmeiras estende faixas de protesto no Allianz Parque .
A Pork’s Alviverde, uma das torcidas organizadas do Palmeiras, estendeu faixas em um portão do Allianz Parque, em protesto contra o presidente Maurício Galiotte, o diretor de futebol Alexandre Mattos e o treinador Mano Menezes, na noite desta segunda-feira. O clube ainda não se manifestou sobre o ocorrido. “Maurício omisso fora”, “fora MAtto$”, “fora Mano”, […]

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 1
Isto é interessante!