Mundo Trump acusado formalmente de abuso de poder e de obstrução

19:40  10 dezembro  2019
19:40  10 dezembro  2019 Fonte:   msn.com

Trump e seus advogados decidem não participar de audiência do impeachment na 4ª feira

  Trump e seus advogados decidem não participar de audiência do impeachment na 4ª feira Informação foi confirmada em carta. Trump estará em audiência da Otan“Não podemos esperar que participemos de uma audiência enquanto as testemunhas ainda não foram nomeadas e ainda não está claro se o Comitê Judiciário concederá ao presidente 1 processo justo por meio de audiências adicionais”, afirma trecho da carta.

Abuso de poder . A Constituição dos EUA estabelece que um presidente pode ser removido do cargo por "traição, propina ou outros crimes e O caso de Trump foi enquadrado como abuso de poder , já que ele é acusado de pressionar Zelensky a investigar o filho de Joe Biden, o que poderia interferir

Após dois meses de investigações, os democratas alegaram que Trump condicionou uma ajuda militar à Ucrânia e uma visita do presidente ucraniano Volodimir Zelenski à Casa Branca, à abertura de uma investigação de corrupção sobre o filho de Joe Biden, seu potencial oponente nas eleições de 2020.

A presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, ao lado do presidente do Judiciário, Jerry Nadler, enquanto os democratas anunciavam artigos de impeachment contra o presidente dos EUA, Donald Trump © SAUL LOEB A presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, ao lado do presidente do Judiciário, Jerry Nadler, enquanto os democratas anunciavam artigos de impeachment contra o presidente dos EUA, Donald Trump

Os democratas que controlam a Câmara dos Representantes nos Estados Unidos anunciaram nesta terça-feira que acusarão formalmente o presidente Donald por abuso de poder e obstrução da justiça, o que agora será votado pelo plenário como parte do julgamento político. 

Se a Câmara votar a favor do impeachment de Trump, o presidente americano se tornará o terceiro a ser submetido a um julgamento político, mas é improvável que o processo prospere no Senado, controlado por seus aliados republicanos. 

Trump recusa convite para apresentar defesa no Congresso

  Trump recusa convite para apresentar defesa no Congresso Trump recusa convite para apresentar defesa no CongressoApós dois meses de investigação, a Câmara de Representantes - de maioria democrata - começa nesta semana o debate jurídico para determinar se as alegações contra o presidente são suficientemente graves para justificar uma acusação contra Trump e a abertura de um julgamento político.

O Comité Judiciário da Casa dos Representantes revelou as acusações contra o presidente dos Estados Unidos, em mais um momento do processo de destituição (impeachment). Donald Trump é acusado de abuso de poder e de obstrução ao Congresso.

Os democratas que controlam a Câmara dos Representantes nos Estados Unidos anunciaram nesta terça-feira que acusarão formalmente o presidente Donald por abuso de poder e obstrução da justiça, o que agora será votado pelo plenário como parte do julgamento político.

"Quando o presidente trai a confiança e se coloca à frente do país, ele põe em risco a constituição e a democracia e põe em risco a segurança nacional", disse Jerry Nadler, presidente do Comitê Judiciário da Câmara dos Representantes, em entrevista coletiva. 

Após dois meses de investigações, os congressistas democratas alegam que Trump reteve ajuda militar à Ucrânia para enfrentar a ameaça dos separatistas pró-russos no leste do país. 

Além disso, ele é acusado de oferecer uma visita à Casa Branca a seu colega ucraniano, Volodimir Zelenski, em troca de Kiev abrir uma investigação de corrupção contra Joe Biden, seu potencial oponente nas eleições de 2020. 

Adam Schiff, o congressista que chefia o Comitê de Inteligência da Câmara, disse que "os contínuos abusos de poder perpetrados pelo presidente não lhes deixava escolha".

"As evidências sobre o comportamento do presidente são esmagadoras e incontestáveis", afirmou.

Nadler disse que o Comitê Judiciário da Câmara se reunirá nesta semana para considerar as acusações apresentadas e espera-se que elas sejam levadas ao plenário na próxima semana. 

De acordo com estimativas do atual calendário legislativo, o processo do Senado aconteceria em janeiro.

____________________________________

Trump diz que EUA vão suspender tarifas programadas após alcançar acordo com a China .
Trump diz que EUA vão suspender tarifas programadas após alcançar acordo com a China"Concordamos com uma fase um muito ampla com a China. Eles concordaram com muitas mudanças estruturais e fortes compras de produtos agrícolas, energia e manufaturados, e muito mais", disse Trump no Twitter.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!