Mundo: Trump veta resolução do Congresso que impediria construção do muro - PressFrom - Brasil

MundoTrump veta resolução do Congresso que impediria construção do muro

00:20  16 março  2019
00:20  16 março  2019 Fonte:   veja.abril.com.br

Senado dos EUA derruba manobra de Trump para erguer muro na fronteira sul

Senado dos EUA derruba manobra de Trump para erguer muro na fronteira sul Senado dos EUA derruba manobra de Trump para erguer muro na fronteira sul

A eleição presidencial nos Estados Unidos e os comentários de Donald Trump sobre a imigração trouxeram a fronteira EUA-México para o primeiro plano do

1. Construção do muro . Antes de Trump assumir o cargo, havia pouco mais de 1.000 km de barreira ao longo da fronteira sul - sendo cerca de 570 km para impedir a passagem de pedestres e o restante formado por cercas antiveículos. Às vésperas das eleições presidenciais de 2016, Trump prometeu

Trump veta resolução do Congresso que impediria construção do muro© Joshua Roberts O presidente americano, Donald Trump: 'tenho a obrigação de vetá-la' – 03/03/2019

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vetou nesta sexta-feira 15 a resolução aprovada pelo Congresso que cobra o fim do estado de emergência nacional. A Casa Branca havia decretado esse status em fevereiro com o objetivo de conseguir a verba necessária para a construção do muro na fronteira com o México, uma das principais promessas eleitorais do governante.

“Hoje veto essa resolução. O Congresso tem a liberdade de aprová-la, e eu tenho a obrigação de vetá-la”, declarou Trump pouco antes de assinar o documento, durante uma cerimônia no Salão Oval.

Trump prepara outra batalha no Congresso pelo muro na fronteira

Trump prepara outra batalha no Congresso pelo muro na fronteira Presidente quer uma verba de 8,6 bilhões de dólares no orçamento de 2020, segundo a imprensa norte-americana

O polêmico muro que Trump quer construir deve custar cerca de U.5 bi e cairia nas costas do México este custo.

Trump fez da construção do muro o tema central de suas políticas de tom nacionalista. Desde a campanha eleitoral, afirma que a fronteira com o México é uma porta aberta para os criminosos, inclusive narcotraficantes, estupradores, terroristas, pessoas com doenças perigosas e falsos

O mandatário argumentou que conta com um apoio “arrasador” dos eleitores republicanos e que tanto o Senado como a Câmara dos Representantes, que aprovaram a resolução, tinham dado um voto “contrário à realidade”.

Segundo o jornal The Washington Post, 12 congressistas republicanos uniram-se aos opositores democratas nesse desafio ao decreto de Trump como meio de questionarem os métodos do presidente americano. No Senado, 59 membros votaram contra a situação de emergência nacional contra 41 a favor na noite de quinta-feira 14.

“Nunca antes um presidente pediu recursos, o Congresso não o deu, e então o presidente usou a lei de Emergência Nacional, de 1976, para gastar o dinheiro”, afirmou o senador republicano Lamar Alexander, segundo o jornal The New York Times. Outro republicano, o senador Jerry Moran considerou inconstitucional a declaração de Trump.

Imigração ilegal nos EUA dispara em fevereiro

Imigração ilegal nos EUA dispara em fevereiro Imigração ilegal nos EUA dispara em fevereiro

Construir um muro na fronteira com o México foi uma das principais promessas da campanha eleitoral de Donald Trump , presidente dos Estados Unidos.

preocupação aumentou entre os mexicanos das regiões que estão no limite com os Estados Unidos depois que o presidente americano, Donald Trump , assinou a autorização para a construção no muro na fronteira. LEANDRO KARNAL - Donald Trump : construção do muro na fronteira com o México.

A casa, porém, não tem votos suficientes para derrubar o veto presidencial. A expectativa é que, pela via judicial, o estado de emergência possa ser derrubado – e, com isso, suspensos os recursos para a construção do muro. Uma coalizão de 16 dos 50 Estados americanos entrou com uma ação na Corte Distrital Federal de São Francisco contra a medida adotada por Trump.

Trump tripudiou da decisão do Congresso em seu perfil no Twitter. “Gostaria de agradecer a todos os grandes senadores republicanos que bravamente votaram por uma forte segurança na fronteira e pelo muro”, escreveu, com a última palavra em maiúsculas. “Isso vai ajudar a parar com o crime, o tráfico humano e as drogas entrando no nosso país. Vejam, quando voltarem a seus estados, eles (o povo) vão adorar vocês mais que nunca antes.”

Em uma claro drible no Congresso, o presidente americano decretou emergência nacional no último dia 20 de fevereiro para garantir os 7,9 bilhões de dólares necessários para a construção de 374 quilômetros de muro na fronteira com o México.

Bolsonaro nega ligação com milícia e defende muro de Trump para TV dos EUA

Bolsonaro nega ligação com milícia e defende muro de Trump para TV dos EUA Bolsonaro nega ligação com milícia e defende muro de Trump para TV dos EUA

Se a construção do Muro de Berlim (em 1961) foi o ícone maior da Guerra Fria, sua queda (em 1989) também significou o fim desta era, bem como simbolizou (e sinalizou) a derrocada do sistema socialista, o que ocorreria somente dois anos mais tarde, em 1991. Ora, os primeiros passos para

O Capitólio, sede do Congresso dos EUA, em Washington DC, em foto de quinta-feira (24) — Foto: AP Photo/J. Scott Applewhite. Uma delas, apresentada pelo presidente Donald Trump , previa a inclusão de US$ 5,7 bilhões no orçamento para a construção de um muro na fronteira com o México.

Um acordo entre republicanos e democratas havia previsto a despesa de 1,37 bilhão de dólares para a construção de um muro de apenas 88 quilômetros na fronteira com o México. esse acordo permitiu o fim da paralisia do governo federal americano, provocada pelo próprio Trump como meio de pressão sobre o Congresso.

(Com EFE)

Vídeo: Deep Web: conheça a rede obscura onde o ódio é regra


O que diz relatório que exclui interferência russa na eleição de Trump.
O que diz relatório que exclui interferência russa na eleição de Trump

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!