Mundo: Premiê da Nova Zelândia promete revisar leis de armas após ataques deixarem 49 mortos - PressFrom - Brasil

MundoPremiê da Nova Zelândia promete revisar leis de armas após ataques deixarem 49 mortos

03:05  16 março  2019
03:05  16 março  2019 Fonte:   reuters.com

Ataques a mesquistas deixam mortos na Nova Zelândia

Ataques a mesquistas deixam mortos na Nova Zelândia Ataques a mesquistas deixam mortos na Nova Zelândia

49 pessoas morreram em um ataque à duas mesquitas na Nova Zelândia . Mais de 20 estão internadas em estado grave. 4 pessoas foram presas. Um dos atiradores

Horror na Nova Zelândia . Ataques simultâneos a duas mesquitas deixam 49 mortos . Outras 48 pessoas ficaram feridas, sendo 20 em estado grave um dos

Premiê da Nova Zelândia promete revisar leis de armas após ataques deixarem 49 mortos © Reuters/REUTERS TV .

CHRISTCHURCH/WELLINGTON (Reuters) - A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, prometeu nesta sexta-feira revisar as leis de armas do país, depois que ao menos um atirador atacou fiéis em duas mesquitas, deixando 49 mortos e 42 feridos.

O ataque, descrito como terrorista pela primeira-ministra, foi o pior caso de homicídio em massa a acontecer na Nova Zelândia fora de períodos de guerra, e o país elevou seu nível de ameaça de segurança ao máximo.

Policiais armados foram mobilizados em diversos locais em todas as cidades neozelandesas, uma medida incomum em um país onde os níveis de violência armada são baixos.

Como são as leis de posse de armas na Nova Zelândia

Como são as leis de posse de armas na Nova Zelândia Como são as leis de posse de armas na Nova Zelândia

O primeiro ataque , à mesquita de Al Noor, deixou 41 mortos . Pouco depois, a seis quilômetros dali, uma segunda mesquita também foi alvo: mais oito mortos . Jogadores da seleção de críquete de Bangladesh escaparam por pouco. Eles fariam um amistoso contra a seleção da Nova Zelândia em

Ataques a tiros, simultâneos em duas mesquitas de Chritchurch, na Nova Zelândia , deixaram mais de 40 mortos nesta sexta-feira (noite de quinta-feira, no

A polícia disse que três pessoas estão sob custódia, incluindo um homem de 20 e tantos anos acusado de homicídio. Ele irá comparecer a um tribunal no sábado. A polícia não identificou nenhum outro suspeito.

Ardern disse que o principal atirador usou cinco armas durante o ataque, incluindo duas semiautomáticas e duas espingardas, que ele tinha autorização legal para possuir.

“Eu posso dizer uma coisa a vocês agora, nossas leis sobre armas irão mudar”, disse Ardern a repórteres.

O suspeito acusado de homicídio é um cidadão australiano que passava muito tempo viajando no exterior e estava apenas esporadicamente na Nova Zelândia, disse Ardern.

Nenhum dos detidos tinha antecedentes criminais ou estava em qualquer lista de observação na Nova Zelândia ou na Austrália.

Manifesto de atirador da Nova Zelândia faz menção ao Brasil

Manifesto de atirador da Nova Zelândia faz menção ao Brasil Repleto de teorias da conspiração, texto diz que "genocídio branco" teria motivado o atentado e elogia Trump.

49 pessoas morreram em um ataque à duas mesquitas na Nova Zelândia . Mais de 20 estão internadas em estado grave. 4 pessoas foram presas. Um dos atiradores

Governo da Nova Zelândia anuncia mudança nas leis sobre armas no país. Ela também confirmou que quatro pessoas tinham sido detidas, mas que uma delas, embora estivesse em posse de uma arma , não tinha relação com o Ataques a duas mesquitas na Nova Zelândia deixaram 49 mortos .

Vídeo: Nova Zelândia: veja prisão de suspeito após ataque (Via )

Nova Zelândia proíbe venda de fuzis.
Nova Zelândia proíbe venda de fuzis

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 6
Isto é interessante!