Política Mandetta e Maia fazem acordo para Saúde receber R$ 5,1 bi de emendas

23:25  11 março  2020
23:25  11 março  2020 Fonte:   poder360.com.br

Ministro da Saúde dá 'tutorial' sobre como se prevenir do novo coronavírus

  Ministro da Saúde dá 'tutorial' sobre como se prevenir do novo coronavírus Com bom humor, Mandetta mostrou como lavar as mãos em pia instalada no ministério; medida é uma das mais recomendadas pelos especialistasCoronavírus: veja notícias e saiba como se prevenir

Defesa de Gugu diz que Rose Miriam recebeu 500 mil dólares e mansão de R $ 6 milhões - Продолжительность: 5 :38 DEFRAYMENT 121 просмотр. Confira alimentos ricos em iodo que ajudam na saúde da tireoide - Продолжительность: 4:17 DEFRAYMENT Recommended for you.

Direito de imagem Alan Santos/PR. Image caption Temer fez nomeações para agradar a partidos como PSC, PMDB e Solidariedade. De janeiro a maio , foram liberados, no total, R $ 102,3 milhões Temer se dispôs a receber pessoalmente deputados que o procuravam em busca de benefícios em

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, cumprimentando o ministro Henrique Mandetta (Saúde) com o cotovelo. O gesto seria uma medida de prevenção ao coronavírus –1 aperto de mão traria maior risco de transmissão da doença © Reprodução O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, cumprimentando o ministro Henrique Mandetta (Saúde) com o cotovelo. O gesto seria uma medida de prevenção ao coronavírus –1 aperto de mão traria maior risco de transmissão da doença

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse na tarde desta 4ª feira (11.mar.2020) que houve acordo para que R$ 5,1 bilhões das emendas de relator do Orçamento impositivo sejam usadas para o combate ao coronavírus.

Coronavírus: veja notícias e saiba como se prevenir

“Muito obrigado ao presidente Rodrigo Maia por ter sensibilizado todos os líderes a liberar essas emendas do relator, que eram de custeio”, disse o ministro. “Por vias tortas, nós acabamos deixando R$ 5,1 bilhões (…) E se precisar de mais a gente volta a dialogar.”

Saia justa entre Maia e Alcolumbre em retomada de pauta no Congresso

  Saia justa entre Maia e Alcolumbre em retomada de pauta no Congresso Saia justa entre Maia e Alcolumbre em retomada de pauta no CongressoDepois de realizar uma plenária no Senado, Alcolumbre seguiu para o Salão Verde onde ele se deparou com uma série de dragões da independência perfilados na entrada do Plenário para a visita do presidente da Câmara da Argentina, Sérgio Massa. A cerimônia estava marcada para às 15h na agenda de Maia há algum tempo e não foi retirada com o adiamento da sessão plenária do Congresso.

O ministro da Saúde , Henrique Mandetta , se reuniu com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia Mandetta garantiu, porém, que não fez algum pedido específico, o Mandetta minimizou a polêmica sobre a tese de engessamento do governo com a concentração da execução de emendas no relator

A Petrobras anunciou um acordo de R $ 10 bilhões para encerrar ação coletiva de investidores estrangeiros nos Estados Unidos. A origem do processo foi a

As emendas de relator são motivo do mais recente atrito entre o Legislativo e o Executivo. Cerca de R$ 30 bilhões de dinheiro público teriam o destino decidido pelo relator do Orçamento, deputado Domingos Neto (PSD-CE).

O presidente Jair Bolsonaro vetou o dispositivo. Acordo costurado entre Planalto e Congresso possibilitou que esses recursos baixassem para R$ 20,5 bilhões –deputados e senadores ainda precisam aprovar os projetos em plenário.

Secretários de Saúde esperam que ao menos parte desse dinheiro seja usado para atender a pedido de R$ 1 bilhão feito ao Ministério da Saúde. Uma parte dessa verba teria seu destino determinado pela proporção de habitantes nos Estados e a outra seria distribuída de acordo com as necessidades.

Declaração de pandemia não muda nada para o Brasil, diz ministro da Saúde

  Declaração de pandemia não muda nada para o Brasil, diz ministro da Saúde Não instruiu sobre manifestações. OMS mudou entendimento nesta 4ª“Na prática, não [muda]. Nós já temos casos confirmados dentro do país, temos transmissão local, não temos transmissão sustentada, que pode ser a próxima etapa. E cada etapa dessas tem medidas adicionais que vão sendo acrescentadas”, afirmou.

O Ministério da Saúde confirmou o segundo caso positivo de coronavírus no Brasil. O paciente infectado, de 32 anos, também retornou de uma Durante toda a semana, as autoridades de saúde afirmaram que não há motivo para alarde. O ministro da Saúde , Luiz Henrique Mandetta , disse que

de saúde para o período da noite, além de permanecerem de portas abertas durante o horário de almoço Ao final de todos os cards contém a assinatura do Ministério da Saúde e do Saúde Brasil. O ministro da Saúde , Henrique Mandetta , preside o Conselho da Stop TB Partnership, liderando os

É impossível saber como o coronavírus vai se espalhar pelos Estados. O Ministério da Saúde trabalha com a hipótese de que ele se alastre de maneira diferente em cada unidade da Federação.

O acordo foi fechado por Mandetta diretamente com Maia. O relator do Orçamento, Domingos Neto (PSD-CE), diz que não participou das conversas.

O ministro foi à Câmara falar aos deputados sobre a atuação do ministério no combate ao vírus, causador da doença covid-19. Até agora, há 52 casos confirmados no país.

O diálogo entre Maia e Mandetta sobre as emendas de relator vem pelo menos desta 3ª feira (10.mar.2020). Os 2 estiveram juntos rapidamente antes do início da audiência pública com o ministro.

O coronavírus tem causado mortes e caos econômico no mundo. Nesta 4ª, depois de a OMS (Organização Mundial da Saúde) declarar pandemia, a Bolsa de valores de São Paulo teve queda de 10% e precisou suspender os negócios para evitar maiores perdas.

__________________________________

‘Em abril o sistema de saúde entrará em colapso’, diz Mandetta .
‘Em abril o sistema de saúde entrará em colapso’, diz Mandetta

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 6
Isto é interessante!