Política Atos pró-Bolsonaro ocorrem em ao menos oito capitais

03:45  19 março  2020
03:45  19 março  2020 Fonte:   estadao.com.br

Movimentos não veem coronavírus como motivo para adiar atos pró-Bolsonaro

  Movimentos não veem coronavírus como motivo para adiar atos pró-Bolsonaro Movimentos não veem coronavírus como motivo para adiar atos pró-BolsonaroCoronavírus: veja notícias e saiba como se prevenir

Bolsonaro conversou e cumprimentou apoiadores em frente ao Palácio do Planalto. Brasileiros saíram às ruas em várias cidades do país neste domingo (15/03) em atos de apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro , apesar de os organizadores dos protestos terem anunciado o cancelamento dos

No domingo (30.jun.2019) ocorrerão atos pró - Bolsonaro em todo o país. Segundo levantamento realizado pelo jornal Gazeta do Povo, as manifestações A maior concentração de pessoas deverá ocorrer em São Paulo. Os atos na capital paulista estão marcados para às 14h, tradicionalmente na

Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 18, presidente tirou a máscara para falar ao microfone © TV Brasil / Reprodução Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 18, presidente tirou a máscara para falar ao microfone

Os atos pró-Bolsonaro que ocorreram nesta quarta-feira, 18, foram registrados em ao menos oito capitais do País: Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia, Salvador, Belo Horizonte, Florianópolis e Maceió. Os protestos começaram às 21h, logo após os panelaços contra o governo.

Acompanhe nossa cobertura sobre o coronavírus.
Últimas notícias, perguntas e respostas e como se cuidar.

Também mobilizado pelas redes sociais, o ato a favor de Bolsonaro foi lembrado pelo presidente nesta quarta em entrevista coletiva com jornalistas. Questionado sobre os protestos contra seu governo, Bolsonaro afirmou que encara qualquer movimento por parte da população como uma “expressão da democracia”.

Secom destaca fala de Bolsonaro pró-manifestações que devem mirar Congresso e STF

  Secom destaca fala de Bolsonaro pró-manifestações que devem mirar Congresso e STF Nas aspas do presidente, ele nega que as manifestações sejam contra o Judiciário ou o parlamento brasileiro; entre apoiadores, o clima é outroA visita do presidente @jairbolsonaro aos EUA incluiu um encontro com a comunidade brasileira que vive na Flórida. Em seu discurso, ele destacou a legitimidade das manifestações populares previstas para o dia 15 de março em todo o Brasil. pic.twitter.

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PSL) vão às ruas neste domingo (26.mai.2019) em mais de 350 cidades do país, incluindo todas as capitais , para pedir a aprovação de reformas propostas pelo governo.

© AFP Bolsonaro foi criticado por saudar manifestantes em atos pró -governo no domingo. Na Câmara, ao menos sete reuniões de comissões acabaram canceladas -- inclusive a Em Brasília, em São Paulo e em outras capitais , muitos dos manifestantes pediram o fechamento do Congresso e do

Em seguida, fez questão de lembrar que seus apoiadores organizaram um panelaço a favor do governo para 30 minutos depois da oposição, mas que veículos da imprensa não falaram sobre o ato. “A TV Globo divulgou esse movimento do panelaço, bem como a Veja Online. Mas não vi esses órgãos da imprensa falando que corre nas mídias sociais um panelaço às 21h favorável ao governo Jair Bolsonaro”, disse.

Em São Paulo, alguns bairros registram panelaço a favor do presidente. Vídeos publicados nas redes sociais mostram manifestantes gritando “mortadela” ao som do hino nacional na Aclimação.

Secom destaca fala de Bolsonaro pró-manifestações que miram Congresso e STF

  Secom destaca fala de Bolsonaro pró-manifestações que miram Congresso e STF A caça furtiva de rinocerontes colocou-os em perigo de extinção. Cerca de 20.000 rinocerontes vivem na África do Sul - a maior população mundial desses animais. Mas mil deles são caçados todos os anos. Na Reserva Natural de Caça de Balule, no Parque Nacional Kruger, o grupo de guardas-florestais "Mambas Negras", formado apenas por mulheres, empenha-se em proteger os rinocerontes.

Ao menos 21 estados e o Distrito Federal registraram neste domingo (26) atos em favor do presidente Jair Bolsonaro (PSL). As manifestações ocorreram em maior número até às 17h (Brasília). Além do ato na capital , ainda foram registrados atos em Resende, Volta Redonda e Três Rios no sul do

menos 13 capitais do país. Apesar dos cartazes e dos gritos dos apoiadores contra o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), Bolsonaro afirmou que o povo "não está lutando contra nenhum" presidente dos Reações na web, cobertura pelo país: siga ao vivo os atos pró - Bolsonaro .

Na Vila Romana, zona oeste da capital, também houve som do hino aos gritos de "mito" e "fora Mandetta". Porém, a mobilização durou menos tempo do que o panelaço contra o presidente. No Butantã, bairro que registrou panelaço contra Bolsonaro, quase não foi possível ouvir barulho de manifestantes a favor do governo.

Brasília

Em resposta aos panelaços de repúdio ao presidente Jair Bolsonaro, apoiadores do governo reagiram em Brasília com outro panelaço e vuvuzelas.

A reação começou às 21h, horário agendado pelas redes sociais, e durou cerca de 5 minutos. Em bairros como Asa Norte, Cruzeiro e Asa Sul, moradores que defendem o governo gritaram o nome do presidente das janelas, enquanto batiam com colheres de pau em panelas.

Bolsonaristas também soltaram fogos de artifício. Na Quadra 110 Sul, carros circularam tocando o Hino Nacional no sistema de som. Sozinho, um apoiador da intervenção militar foi às ruas.

Também houve reação de pessoas contrárias ao presidente, que tentaram abafar o ato governista com caixas de som. Na Quadra 309, um morador tocou em instrumento de sopro a melodia do jingle de campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Bolsonaro é alvo de panelaços pelo terceiro dia seguido .
Bolsonaro é alvo de panelaços pelo terceiro dia seguidoEm São Paulo, o protesto ocorreu em Pinheiros, aos gritos de “Fora Miliciano”, além dos bairros Bela Vista, Higienópolis, Santa Cecília, Barra Funda, Jardins, Perdizes e República.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!