Política Mandetta conversa com embaixador chinês após atritos com Weintraub e Eduardo Bolsonaro

01:58  08 abril  2020
01:58  08 abril  2020 Fonte:   estadao.com.br

Em reunião tensa, Mandetta avisou que defenderia isolamento e pediu que Bolsonaro não minimize pandemia

  Em reunião tensa, Mandetta avisou que defenderia isolamento e pediu que Bolsonaro não minimize pandemia Em reunião tensa, Mandetta avisou que defenderia isolamento e pediu que Bolsonaro não minimize pandemiaBRASÍLIA (Reuters) - A entrevista em que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, endureceu o discurso pelo isolamento horizontal contra a disseminação do coronavírus e fez críticas diretas a posturas defendidas pelo presidente Jair Bolsonaro veio depois de uma reunião tensa no Palácio da Alvorada, na qual o ministro pediu que o presidente não diminuísse mais a gravidade da epidemia, disseram à Reuters duas fontes com conhecimento do encontro.

Embaixador chinês Yang Wanming, Eduardo Bolsonaro e Luiz Henrique Mandetta (Foto: Reuters). 247 - Após episódios ofensivos contra a China, que partiram do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e nesta semana do ministro da Educação, Abraham Weintraub , o embaixador

Mandetta bateu de frente com Bolsonaro principalmente por causa da questão da quarentena ampla, que o ministro e as Barra Torres também pensa como Bolsonaro e chegou a acompanhá-lo no dia em que ele cumprimentou apoiadores em Deputado explica pedido de impeachment de Weintraub .

O ministro da Saúde, Luiz Henrque Mandetta, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto © DIDA SAMPAIO/ESTADÃO O ministro da Saúde, Luiz Henrque Mandetta, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto

BRASÍLIA – O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, buscou o governo chinês para defender um "esforço comum" entre os países que viabilize a entrega de equipamentos de saúde ao Brasil durante a pandemia do novo coronavírus. Mandetta conversou por telefone, nesta terça-feira, 7, com o embaixador chinês, Yang Wanming, que recentemente protagonizou desentendimentos com um dos filhos do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), e com o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Em pronunciamento, Bolsonaro volta a citar OMS e é alvo de panelaços

  Em pronunciamento, Bolsonaro volta a citar OMS e é alvo de panelaços Presidente fez novo pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV nesta terça-feira , 31. O discurso do presidente foi acompanhado de panelaços em vários pontos do País. Acompanhe nossa cobertura sobre o coronavírus.Últimas notícias, perguntas e respostas e como se cuidar. Mais cedo, em conversa com jornalistas e apoiadores, Bolsonaro não colocou o contexto em que a declaração foi dada e omitiu trecho do discurso em que Tedros afirma que governos de todo o mundo precisam garantir assistência a pessoas mais vulneráveis e informar sobre a duração das medidas de restrição de movimentação das pessoas.

Eduardo Oinegue comenta possível saída de Mandetta e a divisão entre governadores e o presidente - Продолжительность: 12:35 Rádio BandNews FM 35 902 Bolsonaros e Weintraub queimam Mandetta e a China | Galãs Feios - Продолжительность: 10:37 Galãs Feios 76 198 просмотров.

O lado chinês manifesta forte indignação e repúdio a esse tipo de atitude”, declarou a Embaixada. Weintraub fez um tweet em que trocou as letras "r" por "l", ridicularizando a forma como chineses falam Carlos Bolsonaro ataca Mourão no Twitter e intensifica tensão na ala militar. HuffPost Brasil.

"Fizemos contato com a China para que cada contrato que fizermos possamos fazer isso contando com o apoio da Embaixada da China no Brasil. A gente sabe da importância desse esforço comum neste momento para garantir que possamos ter esses equipamentos aqui", disse Mandetta durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto.

O ministro da Saúde estava ao lado do ministro da Secretaria de Governo, Walter Braga Netto, e do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Ao deixar o local, Mandetta justificou que teria nova conversa por videoconferência com os chineses para tratar da entrega de 40 milhões de máscaras de proteção até a próxima semana.

Acompanhe nossa cobertura sobre o coronavírus.
Últimas notícias, perguntas e respostas e como se cuidar.

Nesta terça, Mandetta voltou a dizer que, em alguns casos, será necessário enviar aviões brasileiros para viabilizar o transporte dos equipamentos, que enfrentam dificuldades por causa das restrições em diversos países.

Weintraub usa Cebolinha da Turma da Mônica para atacar a China

  Weintraub usa Cebolinha da Turma da Mônica para atacar a China Ministro da Educação insinuou que a China saiu "fortalecida" da crise do novo coronavírus, obtendo benefícios da pandemia como parte de um "plano infalível" para dominar o mundoGeopolíticamente, quem podeLá saiL foLtalecido, em teLmos Lelativos, dessa cLise mundial? PodeLia seL o Cebolinha? Quem são os aliados no BLasil do plano infalível do Cebolinha paLa dominaL o mundo? SeLia o Cascão ou há mais amiguinhos? pic.twitter.

"O lado chinês manifesta forte indignação e repúdio a esse tipo de atitude", afirma a nota desta O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta , já admitiu dificuldade para comprar respiradores e outros Após esse episódio, Bolsonaro teve uma conversa por telefone com o presidente da China

Jair Bolsonaro , filhos e o ministro Abraham Weintraub estão querendo acabar com o Brasil. Bolsonaro vem queimando o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta .

No Twitter, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, contou que ele e Mandetta concordaram em reforçar a cooperação bilateral entre os países. "Nesta tarde, na conversa telefônica com Min. Luiz Henrique Mandetta, coincidimos em reforçar a cooperação bilateral, especialmente entre os dois ministérios da saúde, para compartilhar experiências do combate à Covid-19 em prol do enfrentamento conjunto deste desafio global", escreveu o ministro.

Na madrugada de segunda-feira, 6, a Embaixada da China no Brasil se posicionou contra uma publicação do ministro da Educação, Abraham Weintraub. Em sua conta oficial no Twitter, o ministro insinuou que a China vai sair "fortalecida" da crise atual causada pela covid-19.

Embaixada da China repudia tuíte irônico de Abraham Weintraub: ‘cunho fortemente racista’

  Embaixada da China repudia tuíte irônico de Abraham Weintraub: ‘cunho fortemente racista’ Embaixada da China repudia tuíte irônico de Abraham Weintraub: ‘cunho fortemente racista’

Weintraub diz que só pede desculpas à China após venda de respiradores - Продолжительность: 2:50 Band Jornalismo 4 051 просмотр. AO VIVO: PRONUNCIAMENTO DO MINISTRO MANDETTA - MINISTÉRIO DA SAÚDE DO GOVERNO BOLSONARO Ficha Social 1 155 зрителей.

Embaixador da China ameaçou Eduardo Bolsonaro porque não gostou das verdades que ele disse no twitter. CAIXA POSTAL 01 CEP 92010-970 CANOAS - RS SEJA MEMBRO

“Deliberadamente elaboradas, tais declarações são completamentes absurdas e desprezíveis, que têm cunho fortemente racista e objetivos indizíveis, tendo causado influências negativas no desenvolvimento saudável das relações bilaterais China-Brasil”, diz a nota divulgada no Twitter da Embaixada. O comunicado afirma ainda que “o lado chinês manifesta forte indignação e repúdio a esse tipo de atitude”.

Weintraub, por sua vez, negou que tenha cometido racismo contra o povo chinês. Em entrevista ao programa do jornalista José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes, o ministro afirmou não ter sido preconceituoso e atacou o governo chinês, afirmando que o país teria retido informações sobre a pandemia do novo coronavírus para agora vender respiradores e equipamentos de proteção individual, como máscaras, a preço de leilão, e condicionou um pedido de desculpas à venda de 1 mil respiradores da China para o Brasil.

______________________

‘Quem reabre o Brasil não sou eu, é governador e prefeito’, diz Bolsonaro a apoiador .
David Luiz diz segredo implementado por Arteta que mudou Arsenal em 2020

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 0
Isto é interessante!