Política Partidos de esquerda entram com pedido de impeachment de Bolsonaro

18:48  21 maio  2020
18:48  21 maio  2020 Fonte:   poder360.com.br

PT decide apresentar pedido de impeachment contra presidente Jair Bolsonaro

  PT decide apresentar pedido de impeachment contra presidente Jair Bolsonaro PT decide apresentar pedido de impeachment contra presidente Jair BolsonaroDe acordo com o PT, o pedido será assinado em um "conjunto de movimentos sociais, organizações da sociedade civil, entidades e representantes da comunidade jurídica, além de outros partidos, como o PSOL, e frentes políticas".  O caso será enviado para avaliação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que tem outros processos do tipo parados em sua mesa.

O presidente Bolsonaro discursou em uma manifestação que defendia a intervenção militar © Sergio Lima/Poder360 O presidente Bolsonaro discursou em uma manifestação que defendia a intervenção militar

Partidos de oposição protocolaram nesta 5ª feira (21.mai.2020) na Câmara dos Deputados 1 pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Entre as legendas que assinaram o pedido estão PT, PCdoB, PCB, PCO, PSTU e UP, junto com mais de 40 organizações da sociedade civil. A Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) é uma das signatárias.

O presidente é acusado de cometer crimes de responsabilidade e atentar contra a saúde pública ao violar recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) sobre não promover aglomerações para evitar a propagação da covid-19.

Após condenar Lula, Moro é base de pedido de impeachment de Bolsonaro feito pelo PT

  Após condenar Lula, Moro é base de pedido de impeachment de Bolsonaro feito pelo PT Após condenar Lula, Moro é base de pedido de impeachment de Bolsonaro feito pelo PTDiferentemente de outras legendas de oposição, como a Rede, o PT levou cerca de um mês para decidir como se posicionar de forma concreta diante da denúncia feita por Moro, no final de abril, de que Bolsonaro tentou interferir politicamente na Polícia Federal. Apesar de investigadores avaliarem que o depoimento do ex-ministro da Justiça pode não indicar necessariamente um crime do presidente, as declarações representam um alto risco político ao chefe do Executivo.

Bolsonaro incentivou e compareceu a manifestações de rua durante a pandemia, que já matou 330 mil pessoas pelo mundo. Nos protestos, chegou a cumprimentar, abraçar e tirar selfies com os manifestantes.

Jair Bolsonaro tossindo ao discursar em ato onde manifestantes pediam a volta do AI-5 © Sérgio Lima/Poder360 Jair Bolsonaro tossindo ao discursar em ato onde manifestantes pediam a volta do AI-5

Outros argumentos usados para a instalação do processo são falas de Bolsonaro contra o STF (Supremo Tribunal Federal); a convocação de Bolsonaro para uma “guerra contra governadores” que discordem dele sobre as medidas de isolamento social e o bloqueio da compra de respiradores e outros equipamentos de saúde por Estados e municípios.

Também são citados o apoio do presidente ao grupo “300 do Brasil”, 1 dos principais organizadores das manifestações, e a suposta incitação das Forças Armadas contra a democracia.

Lula teme 'genocídio' com política de Bolsonaro para o coronavírus

  Lula teme 'genocídio' com política de Bolsonaro para o coronavírus O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, em entrevista à AFP, que "fica rezando" para que "o povo brasileiro escape deste genocídio de responsabilidade, causado pelo [presidente Jair] Bolsonaro", ao criticar as políticas do mandatário ante o avanço do novo coronavírus. Como eu sou católico, fico rezando para que o povo brasileiro escape deste genocídio de responsabilidade causado pelo Bolsonaro. pr/js/mvv"O governo transforma as pessoas que estão preocupadas com o coronavírus em inimigos. Então, não pode dar certo", advertiu Lula, de 74 anos, referindo-se aos ataques de Bolsonaro contra os governadores que decretaram medidas de distanciamento social por suas consequências econômicas.

Em 19 de abril, durante 1 protesto em frente ao comando do Exército, em Brasília, Bolsonaro subiu em cima de uma caminhonete e discursou em 1 ato cuja uma das principais pautas era a volta do AI-5 –ato instaurado durante a ditadura militar brasileira que fechou o Congresso Nacional e impunha medidas rígidas de controle do Estado sobre a população.

Faixas de manifestantes traziam os dizeres “AI-5” e “Intervenção militar Já” © Sergio Lima/Poder360 Faixas de manifestantes traziam os dizeres “AI-5” e “Intervenção militar Já”

No Facebook, a Fenaj disse que “esta iniciativa é diferente de outros pedidos de impeachment já realizados porque tem 1 peso político e social, uma vez que reúne 1 amplo campo unitário de organizações do movimento popular, social e da juventude”.

___________________________________________________________________

Celso de Mello libera vídeo de reunião de Bolsonaro com ministros .
Moro apontou suposta interferência na PF. Por parte do presidente Jair Bolsonaro. Que teria sinalizado no encontro ministerialNo encontro de ministros, segundo depoimento o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro, o presidente Jair Bolsonaro sinalizou intenção de interferir politicamente na Polícia Federal por meio da troca do comando na corporação no Rio de Janeiro.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 0
Isto é interessante!