Política: Procuradoria vê riscos de Temer 'criar estratégias' e insiste na sua volta à prisão da Lava Jato - - PressFrom - Brasil

PolíticaProcuradoria vê riscos de Temer 'criar estratégias' e insiste na sua volta à prisão da Lava Jato

20:16  07 maio  2019
20:16  07 maio  2019 Fonte:   estadao.com.br

Planalto dá aval para recriar dois ministérios, diz líder do governo no Senado

Planalto dá aval para recriar dois ministérios, diz líder do governo no Senado Planalto dá aval para recriar dois ministérios, diz líder do governo no Senado

O Ministério Público Federal (MPF) insiste na volta à prisão da Lava Jato do ex-presidente Michel Temer , do ex-ministro de Minas e Energia Moreira Franco e A Procuradoria sustenta que Temer na prisão garantirá “ a ordem pública e a regular instrução penal”. Para o Núcleo Criminal de Combate à

O tema volta ao grupo no dia seguinte, quando o procurador Antônio Carlos Welter diz que " a morte Trata-se de um parecer da força-tarefa da Lava Jato pelo indeferimento da saída solicitada pela O relatório levou em consideração três situações de risco : "Fuga ou resgate do ex-presidente Lula

Procuradoria vê riscos de Temer 'criar estratégias' e insiste na sua volta à prisão da Lava Jato © Foto: Evaristo Sá/AFP/Getty

O Ministério Público Federal insiste na volta à prisão da Lava Jato do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro de Minas e Energia Moreira Franco e do coronel reformado João Baptista Lima Filho, o Coronel Lima. A procuradoria enviou manifestações ao Tribunal Regional Federal da 2.ª Região (TRF-2) se opondo aos habeas corpus dos alvos da Operação Descontaminação. O MPF tinha recorrido contra a decisão, que será examinada pelos três desembargadores da 1.ª Turma que serão julgados, no mérito, nesta quarta-feira, 8.

Na avaliação da Procuradoria, a prisão preventiva 'é necessária para evitar o risco da reiteração de crimes além de garantir a ordem pública e a regular instrução penal'.

Tribunal manda Temer e Coronel Lima de volta à cadeia da Lava Jato

Tribunal manda Temer e Coronel Lima de volta à cadeia da Lava Jato Tribunal manda Temer e Coronel Lima de volta à cadeia da Lava Jato

A tabela abaixo identifica as pessoas condenadas na Operação Lava Jato , operação conduzida pela Polícia Federal, do Brasil. Para ver a lista de todos os que ainda não foram julgados, ou que foram julgados e absolvidos, veja a lista de pessoas envolvidas na Operação Lava Jato .

Para criminalista, prisão preventiva de Temer é 'vaga de fundamentação'. Caso contrário, estaremos diante de mais um dos espetáculos pirotécnicos que a Lava Jato pratica sistematicamente, com objetivos políticos e seletivos. Veja o momento da prisão do ex-ministro Moreira Franco.

Nos memoriais ao TRF-2, o Ministério Público Federal na 2.ª Região (RJ/ES) reforçou a necessidade da prisão preventiva do ex-presidente e de seus aliados próximos, que respondem ação penal por corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A Procuradoria sustenta que Temer na prisão garantirá 'a ordem pública e a regular instrução penal'.

Temer pode ser transferido hoje da PF para quartel

Temer pode ser transferido hoje da PF para quartel Temer pode ser transferido hoje da PF para quartel

Procuradores da Operação Lava Jato argumentam que o ex-presidente já cumpriu o prazo mínimo Procuradoria obteve provas no exterior fora dos canais oficiais, o que é ilegal, aponta o 'UOL' Com voto contra de Fachin, julgamento que pode anular sentenças da Lava Jato deve seguir na quinta.

Condenação e prisão . Considerado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) como chefe da quadrilha Enquanto isso, investigações da operação Lava Jato , que apura o esquema de corrupção na Para a Procuradoria -Geral da República, a prisão do petista é necessária para evitar que ele continue

Para o Núcleo Criminal de Combate à Corrupção (NCCC), braço da Procuradoria, 'ficaram demonstradas manobras para ocultar e destruir provas da materialidade dos crimes'.

"É gravíssimo ter sido revelada uma espécie de contrainteligência responsável pela destruição de provas e rastros, além do monitoramento dos policiais responsáveis pela investigação", ressaltam os procuradores regionais Mônica de Ré, Neide Cardoso de Oliveira, Rogério Nascimento e Silvana Batini.

Juíza autoriza Temer no quartel

Juíza autoriza Temer no quartel Juíza autoriza Temer no quartel

Estas são as principais empresas envolvidas na Operação Lava Jato . Petrobras - a empresa ficou conhecida no escândalo de corrupção como Escândalo da Petrobras ou Petrolão.

Por causa da Lava Jato , a companhia entrou em colapso. Por isso, tem necessidade de conseguir da Justiça aval para voltar a operar normalmente, num LAVA JATO – Operação deflagrada em 2014 pela Polícia Federal junto com a Justiça Federal em Curitiba que investiga um amplo esquema de

"Em situações desse tipo, a liberação do acusado traz potencial risco de inviabilizar certas linhas investigatórias, a partir do momento em que lhe permite alertar seus pares e com eles criar estratégias para dificultar as apurações em curso", alertam os procuradores. "Devido à complexidade e tamanho, a investigação certamente ainda não chegou ao seu fim."

Eles destacam que em buscas e apreensões da Operação Descontaminação foram encontrados documentos que apontam para a destruição de provas.

Durante as investigações, o Ministério Público Federal 'verificou condutas relacionadas à lavagem de dinheiro ilícito e à ocultação de patrimônio fruto de crimes, o que torna a prisão preventiva necessária para cessar a reiteração de práticas criminosas e evitar que produtos dos crimes permaneçam ocultos'.

Temer, Moreira Franco e Coronel Lima foram presos em março por ordem do juiz federal Marcelo Bretas, da 7.ª Vara Federal do Rio.

Outros cinco investigados foram detidos na ocasião: a mulher de Lima, Maria Rita Fratezi, o sócio do coronel, Carlos Alberto Costa, Carlos Alberto Costa Filho, Vanderlei de Natale e Carlos Alberto Montenegro Gallo.

Quatro dias depois, o desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2.ª Região, determinou a soltura dos alvos da Operação Descontaminação, braço da Lava Jato no Rio que investiga crimes de cartel, corrupção ativa e passiva, lavagem de capitais e fraudes à licitação na construção da usina nuclear de Angra 3 e indicou desvios de ao menos R$ 18 milhões.

O Ministério Público Federal recorreu contra a decisão de Athié, que será examinada pela Primeira Turma do TRF-2, composta também pelos desembargadores Abel Gomes e Paulo Espírito Santo.

"Em situações desse tipo, a liberação do acusado traz potencial risco de inviabilizar certas linhas investigatórias, a partir do momento em que lhe permite alertar seus pares e com eles criar estratégias para dificultar as apurações em curso. Devido à complexidade e tamanho, a investigação certamente ainda não chegou ao seu fim", afirma a Procuradoria na 2.ª Região (RJ/ES).

_______________

Vídeo: Michel Temer vira réu pela 6ª vez (AFP)

Leia Mais

Juíza autoriza Temer no quartel.
Juíza autoriza Temer no quartel

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!