Política: Bolsonaro cria banco eletrônico de indicações para cargos de confiança - PressFrom - Brasil

PolíticaBolsonaro cria banco eletrônico de indicações para cargos de confiança

16:50  15 maio  2019
16:50  15 maio  2019 Fonte:   estadao.com.br

Osmar Terra 'ainda não fez nada' pela cultura do País, rebate Frota

Osmar Terra 'ainda não fez nada' pela cultura do País, rebate Frota Osmar Terra 'ainda não fez nada' pela cultura do País, rebate Frota

Pelo decreto, o uso do banco eletrônico de indicações criado hoje será obrigatório para todos os órgãos da administração pública federal direta, autarquias e fundações públicas para o provimento de cargos de ministros de Estado; cargos de Natureza Especial; cargos e funções de confiança de

Pelo decreto, o uso do banco eletrônico de indicações criado hoje será obrigatório para todos os órgãos da administração pública federal direta, autarquias e fundações públicas para o provimento de cargos de ministros de Estado; cargos de Natureza Especial; cargos e funções de confiança de

Bolsonaro cria banco eletrônico de indicações para cargos de confiança© Dida Sampaio/Estadão O presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro editou o Decreto 9.794/2019, que institui o Sistema Integrado de Nomeações e Consultas (Sinc), plataforma eletrônica para registro, controle e análise de indicações para cargos e funções de confiança no âmbito da administração pública federal.

Em fevereiro, Bolsonaro anunciou que o governo estava criando um "banco de talentos" para que parlamentares da base pudessem indicar nomes e currículos para vagas do governo federal nos Estados.

Pelo decreto, o uso do banco eletrônico de indicações criado hoje será obrigatório para todos os órgãos da administração pública federal direta, autarquias e fundações públicas para o provimento de cargos de ministros de Estado; cargos de Natureza Especial; cargos e funções de confiança de nível 5 e 6 do Grupo DAS; cargos e funções de chefe de assessoria parlamentar, de titular de órgão jurídico da Procuradoria-Geral Federal instalado junto às autarquias e às fundações públicas federais, de chefe de assessoria jurídica e de consultor jurídico; e cargos e funções de confiança de chefia ou direção de nível 3 e 4 do Grupo DAS.

Milan: Bakayoko se recusa a aquecer, ofende Gattuso, e causa clima pesado no banco de reservas

Milan: Bakayoko se recusa a aquecer, ofende Gattuso, e causa clima pesado no banco de reservas Milan: Bakayoko se recusa a aquecer, ofende Gattuso, e causa clima pesado no banco de reservas

Pelo decreto, o uso do banco eletrônico de indicações criado nesta quarta-feira será obrigatório para todos os órgãos da administração pública federal direta, autarquias e fundações públicas para o provimento de cargos de ministros de Estado; cargos de Natureza Especial; cargos e funções de

Pelo decreto, o uso do banco eletrônico de indicações criado nesta quarta-feira será obrigatório para todos os órgãos da administração pública federal “O Sinc também poderá ser utilizado para o provimento de cargos em comissão e de funções de confiança ou para definição de exercício de

"O Sinc também poderá ser utilizado para o provimento de cargos em comissão e de funções de confiança ou para definição de exercício de servidores públicos, empregados públicos ou militares nos órgãos da Presidência da República", cita o decreto.

A gestão e a atualização do sistema ficará a cargo da Secretaria Executiva da Casa Civil, que também irá estabelecer as prioridades de análise para o provimento de vagas indicadas; o prazo de envio de indicações e o prazo de resposta aos pedidos de pesquisa; e definir as hipóteses de submissão da indicação a outros órgãos da Presidência da República.

O decreto diz que o Sinc tem por finalidade o tratamento e a disponibilização de informações para o provimento de cargo em comissão ou de função de confiança cuja indicação tenha sido encaminhada à Casa Civil da Presidência da República. O sistema deverá, entre outros, possibilitar a verificação da existência de óbice ao provimento de cargo; registrar e armazenar as indicações; encaminhar os pedidos de pesquisa à Controladoria-Geral da União (CGU) e à Agência Brasileira de Inteligência (Abin); e consultar, de forma automatizada, o banco de dados de sanções aplicadas pela Comissão de Ética Pública.

Polícia do DF investiga desvio de R$26 milhões do Banco do Brasil

Polícia do DF investiga desvio de R$26 milhões do Banco do Brasil Polícia do DF investiga desvio de R$26 milhões do Banco do Brasil

Banco eletrônico de indicações servirá para que congressistas aliados possam indicar nomes para vagas do governo federal nos Estados. O presidente da República, Jair Bolsonaro , editou o Decreto 9.794/2019, que institui o Sistema Integrado de Nomeações e Consultas (Sinc), plataforma eletrônica

Projeto serve para que congressistas aliados possam indicar nomes técnicos para cargos .

A norma estabelece que "os atos de designação e dispensa de ocupantes de Funções Comissionadas do Banco Central - FCBC serão realizados conforme as normas do Banco Central do Brasil". Além disso, avisa que "a Imprensa Nacional não publicará atos de nomeação e designação que dependam de autorização prévia da Casa Civil da Presidência da República caso a autorização não conste de sistema eletrônico."

O decreto de Bolsonaro está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira e, dentre outros pontos, disciplina ainda atos de nomeação e de designação para cargos de confiança de competência originária do presidente da República. A norma trata também de casos de delegação desses atos a ministros, como o da Casa Civil e define competências da Secretaria de Governo na avaliação de determinadas indicações. As novas regras entram em vigor em 25 de junho de 2019.

Leia Mais

71% dos brasileiros são contra intervenção militar na Venezuela.
71% dos brasileiros são contra intervenção militar na Venezuela . Apenas 23,6% seriam a favor dessa medida e 5,7% não souberam responder. Eis a íntegra. O estudo foi realizado de 14 a 19 de maio com 2.452 pessoas em 180 municípios de todo o país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o nível de confiança de 95%. A Venezuela é governada por Nicolás Maduro desde 2012 e sua gestão passar por uma grave crise polícia. A possibilidade de uma intervenção do Brasil no país vizinho já foi aventada por apoiadores do governo de Jair Bolsonaro.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 3
Isto é interessante!