Política: Monarquistas vão às ruas por Bolsonaro e CPI da Lava Toga - PressFrom - Brasil

PolíticaMonarquistas vão às ruas por Bolsonaro e CPI da Lava Toga

01:15  24 maio  2019
01:15  24 maio  2019 Fonte:   veja.abril.com.br

Atos pró-Bolsonaro deste domingo estão confirmados em todas as capitais

Atos pró-Bolsonaro deste domingo estão confirmados em todas as capitais Atos pró-Bolsonaro deste domingo estão confirmados em todas as capitais

O pedido da chamada CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Lava Toga foi barrado Votaram pela instalação da CPI : Esperidião Amin (PP-SC) Oriovisto Guimarães (PODE-PR) Juíza Selma (PSL-MT) Alessandro Vieira (PPS-SE) Bolsonaro e Flávio se reúnem com corregedor do CNJ no Planalto.

Acuado, Jair Bolsonaro culpou o Congresso e os interesses das grandes corporações por não Tudo para que as medidas propostas pelo governo de Jair Bolsonaro fossem em frente. Esperançoso, porém, Douglas diz acreditar que a reforma da Previdência, a instauração da CPI da " Lava Toga " e o

Monarquistas vão às ruas por Bolsonaro e CPI da Lava Toga © Facebook/Reprodução Movimento espera manifestações em 18 estados e no Distrito Federal; em São Paulo, maior concentração ocorrerá na Avenida Paulista

A Confederação Monárquica no Brasil é um dos movimentos que está convocando sua militância para os atos em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, agendados para o domingo 26. O movimento convocou manifestações para 18 estados e para o Distrito Federal.

Em entrevista a VEJA, o vice-chanceler do movimento, Rodrigo Dias, afirmou que o discurso anticorrupção ocupa o centro da pauta que será defendida nos atos. “Defendemos que o Coaf [Conselho de Controle de Atividades Financeiras] permaneça com o ministro Sergio Moro e que a Receita Federal tenha poder de investigação junto ao Ministério Público”, afirma Dias.

Baianos vão às ruas em defesa de Bolsonaro e da reforma da Previdência

Baianos vão às ruas em defesa de Bolsonaro e da reforma da Previdência Baianos vão às ruas em defesa de Bolsonaro e da reforma da Previdência

O senador Kajuru foi intimidado após o ministro Gilmar Mendes requerer "providências"a Toffoli em virtude de severas críticas proferidas pelo parlamentar. Nesta oportunidade, a senadora Soraya destacou que até mesmo desembargadores estão clamando pela " Lava Toga ": "Eu fui servidora do

Senador Arolde 'enquadra' Toffoli e Moraes/STF: ' Vão mandar busca e apreensão em todo o Brasil?' Alcolumbre diz que CPI da Lava Toga será votada em plenário ‘oportunamente’ ODEBRECHT VAI FALAR NA CPI - Продолжительность: 10:02 Vista Pátria 78 904 просмотра.

Em uma derrota para Moro, nesta quarta-feira 22, os deputados aprovaram, por 228 votos a 210, o retorno do Coaf para o Ministério da Economia, de Paulo Guedes.

Na sessão desta quinta-feira, 23, os parlamentares retiraram do texto da Medida Provisória (MP) 870, que trata da reforma administrativa do governo Bolsonaro, o destaque que limitava os auditores fiscais à investigação de crimes tributários, sendo eles proibidos de atuar em indícios de delitos de outra natureza e de informar ao Ministério Público sobre indícios destes crimes.

Os monarquistas também são favoráveis à instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o Judiciário, iniciativa que já circulou no parlamento brasileiro e que ficou conhecida como CPI da Lava Toga.

Atos pró-Bolsonaro serão realizados em pelo menos 12 cidades do exterior

Atos pró-Bolsonaro serão realizados em pelo menos 12 cidades do exterior Maior parte dos protestos nos EUA. Presidente apoia as manifestações

"Eu assinei a CPI da Lava - Toga por achar que esta casa deve mandar um sinal. Eu acho que nós podemos, com essa demonstração, Senador Humberto – e vejo aí o valor da CPI , e esse nome realmente é A CPI vai servir para isso. Estou apresentando essa PEC a partir de segunda-feira

“Cabe CPI para tratar de aspectos operacionais e também para apurar fatos que possam configurar crime de responsabilidade”, disse. O senador considera fraca a argumentação de que a instalação da comissão geraria uma crise institucional. “Não existe crise entre poderes, a crise que existe é de

Na avaliação de Dias, porém, pautas mais radicais como a defesa do fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF), não representam um “fato concreto”. “Tenho acompanhado de perto o engajamento nas redes sociais, as convocações de diversos movimentos e não vi nada neste tom, não é um fato concreto”, afirmou.

Na avaliação de Dias, a aprovação pelo plenário da Câmara da MP de Bolsonaro que reduz de 29 para 22 o número de ministérios é um sinal de que “os parlamentares estão atentos”. “Quando há uma mobilização, há atenção da classe política, como consequência”, afirmou.

Para ele, os atos de domingo podem ser “fundamentais” para que o Coaf volte ao comando de Moro. O texto, aprovado pela Câmara, segue para análise no Senado.

Monarquia no Brasil

Questionado por VEJA sobre quem comandaria o Brasil em caso de um retorno da monarquia, Rodrigo Dias afirmou que o movimento defende o “respeito ao processo histórico na mudança para o parlamentarismo monárquico”.

Com status de celebridade, Dom Bertrand é tietado na manifestação

Com status de celebridade, Dom Bertrand é tietado na manifestação O príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança passou a tarde deste domingo (26) tirando selfies e cumprimentando populares na Avenida Paulista. Acompanhado por um grupo de assessores, ele foi muito requisitado e reverenciado pelos manifestantes que participaram do ato favorável ao governo Bolsonaro. Em entrevista a VEJA SÃO PAULO, o monarca afirmou que o governo não teve tempo para implementar as medidas a que se propôs durante as eleições, e por isso o povo (e a família real) foram às ruas para demonstrar apoio ao presidente. Questionado sobre uma possível volta da monarquia, Bertrand se mostrou esperançoso.

Donald Trump diz que apoia Brasil na OCDE e vai discutir com Bolsonaro ação militar na Venezuela; CPI da Lava Toga é protocolada no Senado; E Lindbergh

Autor da CPI da Lava Toga : 'Agora é a hora do Judiciário.' Inimaginável opiniões contrárias a esta CPI e ao impeachment dos dois ministros. foi um atentado contra nossos princípios mais básicos demonstrando que há o que esconder. Melhor sair de Brasília um pouco e ir às ruas com o POVO.

O atual chefe da Casa Imperial Brasileira é D. Luiz de Orléans e Bragança. Por isso, em uma eventual volta da monarquia, ele seria o imperador brasileiro.

Dias fez questão de descartar que o trono brasileiro possa ser ocupado pelo presidente Jair Bolsonaro ou por qualquer um de seus aliados, mas afirmou que “não há uma figura que reivindique o posto”.

Vídeo: Bolsonaro fala com apoiadores em Cascavel (Dailymotion)

Atenuados, atos pró-Bolsonaro devem mirar Centrão e defender Moro.
Apoiadores de Jair Bolsonaro fazem neste domingo, 26, manifestação em apoio ao presidente em ao menos 250 cidades do país, espalhadas em dezoito estados e no Distrito Federal, segundo expectativa dos organizadores. Os atos foram convocados como reação aos primeiros protestos expressivos contra o governo atual, que miraram o bloqueio de recursos no Ministério da Educação, e na esteira do compartilhamento, pelo presidente, de um texto que fala sobre o Brasil ser “ingovernável” sem “conchavos”. Os motes iniciais das manifestações eram círitcas ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal (STF).

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 4
Isto é interessante!