Política: 'Não construiremos o caminho para a paz pela força das armas', diz presidente da CNBB - - PressFrom - Brasil

Política'Não construiremos o caminho para a paz pela força das armas', diz presidente da CNBB

12:31  24 maio  2019
12:31  24 maio  2019 Fonte:   estadao.com.br

Governadores de 13 Estados assinam carta contra decreto que facilitou porte de armas

Governadores de 13 Estados assinam carta contra decreto que facilitou porte de armas Governadores de 13 Estados assinam carta contra decreto que facilitou porte de armas

afirmou ao Estado que o " caminho da paz " não será construído " pela força das armas ", mas e pela educação. "Tememos o que pode acontecer numa sociedade cheia de polarizações", disse Questionado sobre o governo Jair Bolsonaro, o presidente da CNBB defendeu a importância de

a paz pela força das armas ', diz presidente da CNBB : Governadores de 13 Estados assinam carta contra decreto que facilitou porte de armas Gover Não compreendemos que o caminho para a paz , para a solidadriedade, se vá construir pela força das armas . Nós construiremos pela força

'Não construiremos o caminho para a paz pela força das armas', diz presidente da CNBB© WASHINGTON ALVES/ESTADÃO D. Walmor Oliveira de Azevedo durante entrevista ao 'Estado' na sede da Arquidiocese em Belo Horizonte

ENVIADO ESPECIAL / BELO HORIZONTE - Eleito no dia 6 de maio novo presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil(CNBB), durante a 57.ª Assembleia-Geral do Episcopado, em Aparecida (SP), o arcebispo de Belo Horizonte, d. Walmor Oliveira de Azevedo, afirmou ao Estado que o "caminho da paz" não será construído "pela força das armas", mas pelo diálogo e pela educação.

'Não construiremos o caminho para a paz pela força das armas', diz presidente da CNBB
App Microsoft Notícias
Baixe Agora
Publicidade para Android e iOS

"Tememos o que pode acontecer numa sociedade cheia de polarizações", disse, sobre o decreto presidencial que flexibilizou a posse e o porte de armas.

Governo avalia alterações em decreto sobre armas, diz porta-voz

Governo avalia alterações em decreto sobre armas, diz porta-voz Governo avalia alterações em decreto sobre armas, diz porta-voz

A paz de todos os angolanos para todo o povo viver bem comer bem e trabalhar bem". As palavras poderiam ter saído da boca de qualquer outro angolano. A retirada dos soldados cubanos permitiu avançar com a paz . Na foto: O general cubano, Samuel Rodiles, o general brasileiro e chefe da

A força externa já se faz sentir sem grandes subtilezas. No começo de 2019, os ataques armados na O Presidente da República, Filipe Nyusi, mandou tornar público o “Memorando de Entendimento Sobre Assuntos Filipe Nyusi diz ser este um passo importante para a paz efectiva que se almeja.

No início deste mês, dias após ser eleito, d. Walmor, ao anunciar as metas para a próxima gestão da CNBB, já havia dito que esperança, diálogo e disposição para enfrentar e vencer as dificuldades são alguns dos principais itens do programa do episcopado para os próximos quatro anos.

Questionado sobre o governo Jair Bolsonaro, o presidente da CNBB defendeu a importância de uma atuação da Igreja "sem ser partidária". "Diálogo para ouvir e ser ouvido, para poder dizer o que a Igreja tem a dizer para além de qualquer tipo de ideologia ou partidarização", declarou d. Walmor, baiano da cidade de Cocos. Doutor em teologia dogmática, ele foi transferido para Belo Horizonte em 2004.

Relação com o governo

"O ponto de partida da relação com o governo federal é o diálogo, com todas as instâncias, assim como a sociedade. Diálogo para ouvir e ser ouvido, para poder dizer o que a Igreja tem a dizer para além de qualquer tipo de ideologia ou partidarização. O que a Igreja tem a dizer pela força da reserva que ela tem a partir da sua própria fé. Que é uma iluminação que considero da mais alta importância para encontrar novas respostas."

Governo fará megacompra de 106 mil armas para Força Nacional e policiais

Governo fará megacompra de 106 mil armas para Força Nacional e policiais Governo fará megacompra de 106 mil armas para Força Nacional e policiais

Dom Walmor foi eleito presidente da CNBB durante a 57. ª Assembleia-Geral da entidade, em Aparecida (SP), em 6 de maio passado. Em entrevista ao jornalista Pablo Pereira, em O Estado de S.Paulo, o novo presidente afirmou que o " caminho da paz " não será construído " pela força das

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, sublinhou que Dhlakama é uma figura que fica para a histórica do país e garantiu que tudo fará para que as conversações de paz que começou com Dhlakama As forças governamentais pretendiam desarmar a força a guarda do líder da RENAMO.

Dupla função

"Dou graças a Deus de ser chamado para esse serviço na CNBB depois de uma bela e consolidada trajetória, de 15 anos de experiência aqui. Portanto, somos uma equipe de bispos e colaboradores, que, sem abandonar esse serviço, me dão condições de poder, de fato, fazer também o da CNBB. Digo com gratidão e confiança e com a certeza de que poderemos fazer um caminho fecundo."

Sínodo da Amazônia

"Os bispos da região amazônica prepararam muitos elementos. Eles foram trabalhados num documento que ainda receberemos. De qualquer modo, o grande foco importante é a evangelização. E é a Igreja presente na Amazônia levando o evangelho de Jesus Cristo para ser assimilado, desdobrado, com consequências para uma vida melhor."

Amazônia x áreas urbanas

"Temos trabalhado muito a questão das áreas urbanas. Uma das nossas diretrizes gerais para evangelização do Brasil tem sido evangelizar num Brasil cada vez mais urbano. Isso já enfrentamos. A Amazônia se torna prioridade exatamente pela importância e complexidade e por tudo aquilo que a Igreja precisa fazer de evangelização na região."

Trump diz que ainda confia na Coreia do Norte

Trump diz que ainda confia na Coreia do Norte O presidente dos EUA, Donald Trump, recorreu ao Twitter neste sábado no Japão (domingo pelo horário local) para expressar sua "confiança" no líder norte-coreano Kim Jong Un, apesar dos recentes testes de armas de Pyongyang e das negociações nucleares paralisadas. Horas antes de Trump embarcar neste sábado, seu assessor de segurança nacional, disse à imprensa americana que "sem dúvida" os recentes testes de mísseis de Pyongyang haviam violado as resoluções do Conselho de Segurança da ONU, mas insistiu que Washington ainda está pronto para retomar as negociações.

Fraga disse ao Congresso em Foco que a discussão sobre o Estatuto do Desarmamento na Câmara não deverá enfrentar a oposição do presidente Rodrigo Maia. As negociações com os deputados também estão avançadas. O parlamentar espera que a matéria possa ser colocada em votação no

Image caption O Força Aérea Um é à prova até de ataques nucleares. Ao tomar posse como 45 º presidente dos Estados Unidos, Donald Trump entra para um No entanto, autoridades de segurança dos EUA disseram que isso seria um risco para a segurança do presidente , já que o Air Force One

Industrialização x meio ambiente

"É preocupação fundamental. Temos um riquíssimo horizonte na carta encíclica do papa Francisco, do cuidado com a casa comum. Vemos isso em geral, em todo o Brasil. Em Minas Gerais, vemos isso como uma consequência muito terrível pelo modo como se fez, exatamente em razão da ganância, do lucro, da idolatria do dinheiro, consequências muito desastrosas. O caso de Brumadinho, por exemplo, mas também pelo Brasil afora. É procupaçao fundamental. Por isso temos um grupo de trabalho para problemas ambientais que vai avançar para tratar questões de ecologia e desenvolvimento integral. Afinal, Deus é um Deus da criação."

Desemprego

"Este é tema muito importante. Particularmente, quando se constatam cenários de pobreza e miséria. Isso nos aflige e inclusive deve nos envergonhar, exigindo de nós que encontremos novos caminhos. Compreendendo e conscientes de que estamos num contexto de crise econômica, não só no Brasil, mas num contexto mais amplo. Porém, há exigência e urgência de novas respostas. Há gente passando necessidade, sem moradia, sem saúde. E, portanto, a dignidade da pessoa humana que tem de ser respeitada desde o primeiro momento, desde a fecundação até a morte natural. São etapas sagradas, que precisam ser bem tratadas. A Igreja, sem ser partidária, sem mover-se por ideologias, está para dialogar com seu patrimônio para uma compreensão que nos dê saídas, novas respostas. Nos aflige muito. Mas sempre respeitando as competências das instâncias que têm a tarefa de resolver esse problema."

França tem 'indício' de que armas químicas foram usadas na Síria

França tem 'indício' de que armas químicas foram usadas na Síria França tem 'indício' de que armas químicas foram usadas na Síria

Naquele tempo, disse o Senhor: 42Aí de vós, fariseus, porque pagais o dízimo da hortelã, da arruda e de todas as outras ervas, mas deixais de lado a justiça e o amor de Deus. Vós deveríeis praticar isso, sem deixar de lado aquilo. 43Aí de vós, fariseus, porque gostais do lugar de honra nas sinagogas, e

Nyusi disse ainda que ninguém se deve sentir excluído do processo de restauração da paz . O chefe de Estado e o líder da principal força da oposição Em finais de dezembro, depois de contactos telefónicos com o Presidente Nyusi, o líder da RENAMO, Afonso Dhlakama, declarou uma trégua de

Armas

"Respondo em primeiro lugar que a nossa opção é por uma arma única que nós temos que é o amor. Não compreendemos que o caminho para a paz, para a solidadriedade, se vá construir pela força das armas. Nós construiremos pela força da educação, do diálogo, do amor. A Igreja tem tarefa importante neste contexto. Com oportunidade a todos. Nao é para nós a opção de dizer que vamos trabalhar mais a paz exatamente com uso de armas. Pelo contrário. Tememos o que pode acontecer numa sociedade cheia de polarizações, com a necessidade maior de solidariedade."

Cortes na Educação

"A justificativa dada é de otimização de recursos. Mas a Educação não pode sofrer cortes de modo que, por exemplo, a pesquisa pare. Não se pode cortar de modo que a educação de base não seja qualificada. É preciso de muito discernimento para se cortar para não se ter prejuízos não só hoje, mas nas gerações futuras."


______________________________________________

Vídeo: Bolsonaro fala com apoiadores em Cascavel (Dailymotion)

Leia Mais

França tem 'indício' de que armas químicas foram usadas na Síria.
França tem 'indício' de que armas químicas foram usadas na Síria

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!