PolíticaMaia diz que Plenário da Câmara vota Previdência em julho

23:45  29 maio  2019
23:45  29 maio  2019 Fonte:   poder360.com.br

Bolsonaro acena com armistício e diz que Congresso dará ‘palavra final’

Bolsonaro acena com armistício e diz que Congresso dará ‘palavra final’ Presidente diz que 'valoriza o parlamento'. Também, que 5 de seus ministros são deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta 4ª feira (29.mai.2019) que a reforma da Previdência deve ser votada no plenário da Casa na 1ª quinzena de julho . “Vamos votar no prazo, na 2ª quinzena de junho

Presidente da Câmara , Rodrigo Maia (DEM-RJ) acredita que Previdência pode ser aprovada até o O governo precisa de pelo menos 308 votos a favor (três quintos) em dois turnos no plenário da Ainda assim, o presidente da Câmara disse estar confiante em votar os dois turnos nesta semana.

Maia diz que Plenário da Câmara vota Previdência em julho© Michel Jesus Maia definiu a reforma de Bolsonaro como 'densa' e 'muito bem elaborada pelo ministro Guedes'

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta 4ª feira (29.mai.2019) que a reforma da Previdência deve ser votada no plenário da Casa na 1ª quinzena de julho.

Maia diz que Plenário da Câmara vota Previdência em julho
App Microsoft Notícias
Baixe Agora
Publicidade para Android e iOS

“Vamos votar no prazo, na 2ª quinzena de junho, e no plenário na 1ª quinzena de julho se a gente tiver votos”, disse após a homenagem da Câmara ao comediante Carlos Alberto da Nóbrega.

O presidente Jair Bolsonaro também participou da homenagem na Casa Legislativa.

Câmara desiste de esperar governo e avança com reforma tributária própria

Câmara desiste de esperar governo e avança com reforma tributária própria Câmara desiste de esperar governo e avança com reforma tributária própria

© Luis Macedo/ Câmara dos Deputados/Divulgação Rodrigo Maia discursa durante sessão que votou a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados em julho . Além disso, caso seja necessário, o Plenário foi reservado em seus três horários durante toda a quarta e quinta-feira para votar a reforma.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira, 24, que a Comissão Especial da reforma da Previdência deverá votar o parecer do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) até quinta-feira 27 e o plenário da Casa pode analisar a proposta nas duas

Maia disse que se o governo tivesse escolhido o texto da reforma proposto pelo ex-presidente Michel Temer, a alteração na aposentadoria poderia ter sido aprovada em março. No entanto, elogiou o texto de Jair Bolsonaro.

“Eu entendo porque em março a gente já poderia ter votado a Previdência se a gente tivesse voto, claro, o governo preferiu encaminhar a sua, que é densa, que é muito bem elaborada pelo ministro Guedes, pelo secretário [especial da Previdência] Rogério Marinho”.

O presidente da Câmara trabalha com a ideia de o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), relator da reforma na Comissão Especial da Previdência na Casa, apresentar uma versão não terminada do relatório antes da votação para que haja consenso entre os deputados antes de votar:

Manifestantes em São Paulo defendem reforma da Previdência e criticam STF e Maia

Manifestantes em São Paulo defendem reforma da Previdência e criticam STF e Maia Presidente da Câmara dos Deputados foi um dos alvos principais do ato na Avenida Paulista, como símbolo do Centrão; parlamentares do PSL lideraram o ato nos carros de som

O presidente da Câmara , Rodrigo Maia , afirmou que ainda não há data para votar a reforma da previdência no Plenário da Câmara .

O presidente da Câmara , Rodrigo Maia (DEM-RJ), mandou nesta segunda-feira, 5, um recado aos empresários brasileiros dizendo que gostaria de ver da parte deles o mesmo “patriotismo” que mostraram em favor da Previdência na reforma tributária. “O empresário brasileiro foi muito patriota

“Não foi nenhuma tentativa minha de antecipar, de atropelar os prazos, de atropelar o trabalho da comissão. Eu acho que, ao contrário, com o pré-relatório apresentado uma semana antes, os deputados vão poder fazer críticas e a gente vai poder ter a sensibilidade de saber se o texto que ele esta querendo apresentar, é 1 texto que garante a vitória não apenas na comissão, mas no plenário da Câmara”.

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Vídeo: Bolsonaro corta verba para reconstruir Museu Nacional (Dailymotion)

Leia Mais

3 obstáculos do governo para votar Reforma da Previdência antes das férias dos deputados.
3 obstáculos do governo para votar Reforma da Previdência antes das férias dos deputados

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 3
Isto é interessante!