Política'Aqui é o hacker', diz mensagem no grupo do Conselho Nacional do Ministério Público

20:21  12 junho  2019
20:21  12 junho  2019 Fonte:   estadao.com.br

Conselho Nacional de Direitos Humanos recomenda volta do termo 'violência obstétrica' em políticas públicas

Conselho Nacional de Direitos Humanos recomenda volta do termo 'violência obstétrica' em políticas públicas Conselho Nacional de Direitos Humanos recomenda volta do termo 'violência obstétrica' em políticas públicas

Brasília — Mensagens enviadas a partir do celular de um conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) no grupo de Telegram do colegiado chamaram a atenção dos colegas para a invasão de hacker no Na sequência, receberam outro torpedo dizendo : “ Aqui é o hacker ”.

Mensagens enviadas a partir do celular de um conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) no grupo de Telegram do colegiado chamaram a atenção dos colegas para a invasão de hacker no chat de conversas.

'Aqui é o hacker', diz mensagem no grupo do Conselho Nacional do Ministério Público© Gabriela Biló/Estadão O ministro Sérgio Moro em evento em Brasília.

BRASÍLIA - Mensagens enviadas a partir do celular de um conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) no grupo de Telegram do colegiado chamaram a atenção dos colegas para a invasão de hacker no chat de conversas. Um dos torpedos dizia que o caso revelado no domingo pelo site The Intercept envolvendo o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e o procurador da República Deltan Dallagnol era apenas "uma amostra do que vocês vão ver na semana que vem", dizia o texto.

'Aqui é o hacker', diz mensagem no grupo do Conselho Nacional do Ministério Público
App Microsoft Notícias
Baixe Agora
Publicidade para Android e iOS

Tudo sobre vazamento de mensagens entre Moro e o MP

Quatorze leões escapam de parque na África do Sul

Quatorze leões escapam de parque na África do Sul Quatorze leões perambulavam perto de uma cidade no nordeste da África do Sul depois de escaparem do Parque Nacional Kruger - alertaram autoridades nesta sexta-feira (7), pedindo à população que permaneça vigilante. O grupo de leões foi visto nas proximidades de uma mina de fosfato, perto da cidade de Phalaborwa, no limite oeste do Parque Kruger. Não se sabe desde quando os felinos estão em liberdade. "Pedimos aos trabalhadores da mina de Foskor e à população que permaneçam vigilantes", alertou o Ministério do Meio Ambiente e Turismo da província de Limpopo, onde o parque está localizado.

Reprodução/Telegram + Conselho Nacional do Ministério Público . Além de mandar mensagens para o grupo do Telegram, o suposto hacker ainda teria conversado com o procurador Na noite desta quarta-feira (12), o Ministério Público Federal (MPF) divulgou um comunicado em que diz que

No Brasil, o Conselho Nacional do Ministério Público é um órgão externo encarregado de controlar e fiscalizar a atuação administrativa e financeira dos órgãos integrantes do Ministério Público nacional , bem como de supervisionar o cumprimento dos deveres funcionais dos seus membros.

As mensagens partiram do celular do conselheiro Marcelo Weitzel Rabello de Souza na terça por volta das 23h. Os colegas estranharam o tom dos torpedos e começaram a questionar o conselheiro no grupo. Na sequência, receberam outro torpedo dizendo: "aqui é o hacker". Os conselheiros então ligaram para Marcelo, que argumentou que não estaria usando o aparelho no momento dos envios das mensagens. Marcelo nega que seja uma brincadeira dele com os colegas.

Segundo fontes, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, também pode ser uma das participantes desse grupo de Telegram do CNMP. Ela preside o colegiado, que usa o chat de forma institucional, para agendamento de datas de julgamentos ou troca de opiniões. Procurada, Raquel Dodge ainda não retornou para comentar.

De 'fato muito grave' a 'não tem nada ali', as reações ao vazamento de supostas mensagens entre Moro e Dallagnol

De 'fato muito grave' a 'não tem nada ali', as reações ao vazamento de supostas mensagens entre Moro e Dallagnol De 'fato muito grave' a 'não tem nada ali', as reações ao vazamento de supostas mensagens entre Moro e Dallagnol

Corregedor nacional do Ministério Público , Orlando Rochadel Moreira conclui que 'veracidade dos elementos de prova não pode ser comprovada, além de não ser possível verificar adulterações' em ‘ Aqui é o hacker ’, diz mensagem no grupo do Conselho Nacional do Ministério Público .

Encontre Aqui . O grupo de 237 médicos cubanos que vai reforçar as equipas nacionais envolvidas no trabalho de assistência e Membros do Conselho de Direcção do Ministério da Saúde, estiveram reunidos Quarta-feira, 15 de Janeiro, em Luanda, com uma equipa técnica do Ministéri

Na segunda-feira, 10, o corregedor nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel, instaurou reclamação disciplinar para apurar as troca de mensagens envolvendo o procurador Deltan Dallagnol. A instauração da reclamação foi feita com base nos pedidos dos conselheiros Luiz Fernando Bandeira, Gustavo Rocha, Erick Venâncio e Leonardo Accioly. O corregedor nacional também determinou a notificação dos membros do Ministério Público Federal integrantes da Operação Lava Jato para manifestação no prazo de 10 dias.

O Estado apurou que a Polícia Federal instaurou há cerca de um mês um inquérito para investigar ataques feitos por hackers aos celulares de procuradores da República que atuam nas forças-tarefas da Lava Jato em Curitiba, no Rio e em São Paulo. Há poucos dias, outro inquérito foi aberto para apurar ataques ao celular do ministro Sérgio Moro.

No domingo, o site The Intercept Brasil divulgou o suposto conteúdo de mensagens trocadas pelo então juiz federal Sergio Moro e por integrantes do Ministério Público Federal, como o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa em Curitiba.

OAB recomenda, por unanimidade, afastamento de Moro e Deltan

OAB recomenda, por unanimidade, afastamento de Moro e Deltan OAB recomenda, por unanimidade, afastamento de Moro e Deltan

‘ Hacker aqui ’. O estadao.com.br revelou nesta quarta que até mesmo integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) foram alvo de ataque. Eles receberam no grupo do colegiado no Telegram mensagem do celular do conselheiro Marcelo Weitzel que dizia que o caso

hacker , passando-se por um integrante do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) Distorcendo fatos, o hacker enviou mensagens com o objetivo claro de desacreditar a imagem de Diálogos mostram Moro direcionando Dallagnol na Lava Jato, diz site. Em conversas privadas, o

Veja mais no MSN Brasil:
Hackers 'não vão interferir' na missão de reduzir crimes (VEJA.com)
Globo veta comercial da Prefeitura do Rio com críticas (IstoÉ)
Caixa anuncia devolução de R$ 3 bilhões ao Tesouro (Poder360)
Em 2017, Dallagnol divulgou elogios de Glenn Greenwald (Poder360)

As conversas mostrariam que Moro teria orientado investigações da Lava Jato por meio de mensagens trocadas no aplicativo Telegram. O site afirmou que recebeu de fonte anônima o material. O The Intercept tem entre seus fundadores Glenn Greenwald, americano radicado no Brasil que é um dos autores da reportagem. De acordo com o site, há conversas escritas e gravadas nas quais Moro sugeriu mudança da ordem de fases da Lava Jato, além de dar conselhos, fornecer pistas e antecipar uma decisão a Dallagnol.

Os hackers miraram especialmente mensagens trocadas por meio do Telegram. As vítimas, que não haviam acionado a verificação em duas etapas, recurso que adiciona camada adicional de segurança às mensagens, tiveram suas conversas violadas pelos criminosos, segundo fonte a par da investigação.

Roraima exporta 194 kg de ouro à Índia sem ter nenhuma mina operando legalmente

Roraima exporta 194 kg de ouro à Índia sem ter nenhuma mina operando legalmente Roraima exporta 194 kg de ouro à Índia sem ter nenhuma mina operando legalmente

hacker invadiu o grupo do CNMP ( Conselho Nacional do Ministério Público ) no Telegram, aplicativo de mensagens rival do WhatsApp. No Twitter, o Telegram escreveu: “Se um ‘ hacker aqui ’ lhe disser que pode quebrar a Verificação em Duas Etapas do Telegram, peça que ele prove.

O hacker disse que, no identificador de chamadas, substituiu o número dele pelo do médico, por meio do sistema de Voip. Na sequência, Delgatti disse que, no Dia das Mães, ligou para Manuela D'Avila afirmando que tinha o acervo de conversas de integrantes do Ministério Público e que precisava do

Os procuradores notificaram a Polícia Federal após um deles desconfiar de mensagem recebida por meio do aplicativo. O ataque em massa foi descoberto e começou a ser apurado pela PF.

Um investigador que conversou com o Estado sob reserva diz que somente as vítimas do ataque poderão confirmar se o conteúdo das mensagens é verdadeiro. Isso porque é muito comum que hackers incluam passagens falsas no meio de conversas “roubadas” das vítimas.

COLABORARAM TEO CURY, RAFAEL MORAES MOURA E RENATA AGOSTINI.

Vídeo: The Intercept: diretor explica a polêmica investigação (AFP)

Leia Mais

Nova conversa mostra Dallagnol seguindo orientação de Moro, revela site.
Nova conversa mostra Dallagnol seguindo orientação de Moro, revela site

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 4
Isto é interessante!