Política: Bolsonaro encontra Maia e ministro às vésperas de viagem aos EUA - PressFrom - Brasil

Política Bolsonaro encontra Maia e ministro às vésperas de viagem aos EUA

00:30  22 setembro  2019
00:30  22 setembro  2019 Fonte:   correiobraziliense.com.br

Fachin homologa delação de Léo Pinheiro e arquiva trechos de Toffoli e Maia

Fachin homologa delação de Léo Pinheiro e arquiva trechos de Toffoli e Maia A dinâmica dos crimes confessados pelo ex-presidente da OAS pode influenciar nas acusações contra o ex-presidente Lula

Às vésperas do embarque para os EUA , Bolsonaro afirmou que não vai "fulanizar nem apontar o dedo para nenhum chefe de estado" em O presidente, cuja chegada aos EUA está programada para segunda-feira (23), realizará no dia seguinte um discurso no encontro anual de líderes internacionais.

Segundo Bolsonaro , o futuro ministro é autor de mais de 30 obras e atualmente é professor emérito da Escola de Comando do Estado Maior do Exército. Ministro do Desenvolvimento Social entre maio de 2016 e abril deste ano, no governo Michel Temer, Osmar Terra é deputado pelo MDB-RS.

Presidente Jair Bolsonaro© MARCOS CORREA Presidente Jair Bolsonaro Apesar de a agenda do presidente Jair Bolsonaro para o dia não prever nenhum compromisso oficial, o chefe do Executivo federal recebeu neste sábado (21/9), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, na residência presidencial, o Palácio da Alvorada.

Com Maia, Bolsonaro conversou por aproximadamente uma hora. De acordo com a assessoria de imprensa do deputado, a reunião teve como objetivo discutir a agenda da Câmara para a próxima semana.

Na pauta do parlamento, está prevista a votação de cinco medidas provisórias de autoria do Poder Executivo, como a de n° 885. Ela altera disposições acerca do Fundo Nacional Antidrogas; da lei que estabelece normas para repressão à produção não autorizada e ao tráfico ilícito de drogas; e da lei que dispõe sobre a contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público.

Ministro da Saúde é o com menos reuniões particulares na agenda de Bolsonaro

Ministro da Saúde é o com menos reuniões particulares na agenda de Bolsonaro Teve apenas 1 encontro com presidente. Damares e Tarcísio também foram preteridos

Bolsonaro agradece a Maia e Alcolumbre por aprovação de posse de arma no campo. O presidente da Câmara também falou sobre a indicação de Eduardo para a embaixada brasileira em Washington, classificando a decisão como "muito difícil" para Bolsonaro .

A viagem aos EUA foi uma das pautas. Alguns apoiadores do governo vinham considerando temerária a ida do presidente ao evento da ONU. Isso porque as recentes declarações de Bolsonaro sobre a crise na Amazônia não repercutiram bem no mundo todo e entre diversos chefes de Estado.

Além disso, está agendada para terça-feira (24/9), a votação de um dos projetos de lei substitutivo, de autoria do presidente Bolsonaro, sobre a questão das armas. O documento altera trechos da legislação dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas (Sinarm) e define crimes.

Ao deixar o Alvorada, Maia não conversou com os jornalistas. Pelas redes sociais, o deputado escreveu que se pronunciaria após o fim do jogo entre Botafogo e São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, que aconteceu nesta manhã - time de Maia, o Botafogo acabou derrotado por 2x1. No entanto, o presidente da Câmara não cumpriu a promessa.

Ministro, advogado e médico

Ernesto Araújo ficou reunido com Bolsonaro por mais tempo, por cerca de duas horas. O encontro aconteceu dois dias antes de o presidente da República viajar até Nova York, na segunda-feira (23/9), em razão da 74° sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Na terça-feira, Bolsonaro abrirá o evento oficialmente, por meio de discurso. Assim como Maia, o ministro das Relações Exteriores saiu do Palácio da Alvorada sem dar declarações à imprensa.

Maia diz ter certeza que Brasil terá o que mostrar na ONU em discurso de Bolsonaro

Maia diz ter certeza que Brasil terá o que mostrar na ONU em discurso de Bolsonaro Maia diz ter certeza que Brasil terá o que mostrar na ONU em discurso de Bolsonaro

De acordo com o porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, um dos objetivos do governo brasileiro é desconstruir a imagem do país no exterior, após a repercussão negativa dos incêndios O Palácio do Planalto também informou sobre uma alteração na agenda de viagem de Bolsonaro .

A rede de desinformação que espalhou notícias falsas (fake news) e deturpadas pró- Bolsonaro pelo aplicativo WhatsApp durante as eleições do ano passado com o uso de robôs e disparo em massa de mensagens continua pelo menos parcialmente ativa até hoje

Entre o encontro com Maia e Araújo, Bolsonaro recebeu o advogado Frederick Wassef, que defende o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho mais velho do presidente. Questionada sobre o motivo do encontro, a assessoria do Palácio do Planalto respondeu que não comenta sobre encontros que não estavam previstos na agenda oficial.

Na sexta-feira (20/9), o senador entrou com uma ação junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir o fim do inquérito que investiga a suposta prática de peculato e lavagem de dinheiro por parte dele e do seu ex-motorista e assessor de gabinete Fábrício Queiroz.

A apuração é conduzida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. A defesa de Flávio alega que um habeas corpus que a defesa propôs continuou tramitando no Tribunal de Justiça do Rio mesmo depois da decisão do presidente do STF, Dias Toffoli, em julho, de suspender todos os inquéritos abertos a partir de informações compartilhadas por relatórios do antigo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Fachin anula trecho de delação que cita Rodrigo Maia e irmão de Toffoli

Fachin anula trecho de delação que cita Rodrigo Maia e irmão de Toffoli Ministro atendeu a pedido da PGR . Solicitação irritou procuradores

Em viagem aos Estados Unidos da América, EUA , Bolsonaro presta continência à bandeira americana e puxa coro de "USA, USA, USA!".

Desde que encurtou a viagem a Nova York, onde participará da Assembleia Geral da ONU, por conta da cirurgia recente, Jair Bolsonaro cancelou Os cancelamentos foram feitos desde que a agenda e a viagem de Bolsonaro foram encurtadas por conta da cirurgia recente feita para corrigir um hérnia.

Para o desembargador Antônio Amado, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a medida de Toffoli não é válida para a tramitação do habeas corpus dos advogados do senador.

Quem também apareceu no Alvorada neste sábado foi o médico Ricardo Camarinha, da equipe de saúde da Presidência. Ele acompanhou Bolsonaro na avaliação médica que aprovou sua ida a Nova York e integrará a comitiva da viagem.

_______________________________

Vídeo: Das ruas à ONU, jovens protestam pelo clima (AFP)

Receba notícias pelo
Messenger
Leia notícias pelo celular com
nosso app
Assine nossa
newsletter

Após encontro com Moro, Maia fala em recuperar pontos do pacote anticrime .
Após encontro com Moro, Maia fala em recuperar pontos do pacote anticrime “O importante é o diálogo. Tem coisas que o grupo tirou que talvez tenha uma posição majoritária para manter fora do texto. Mas, se a gente tiver paciência e diálogo, a gente consegue reestabelecer parte, se construir 1 acordo”, disse Maia.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!