Política Deputados do PSL tomam lado de Bolsonaro, mas minimizam chance de debandada

03:50  10 outubro  2019
03:50  10 outubro  2019 Fonte:   poder360.com.br

Relembre em frases os embates entre a família Bolsonaro e o PSL

  Relembre em frases os embates entre a família Bolsonaro e o PSL Relembre em frases os embates entre a família Bolsonaro e o PSLAbaixo, relembre embates entre membros do PSL e da família Bolsonaro:

PEÇO DESCULPAS pela meu erro de apoiar o Jair Bolsonaro , o qual não tem compromisso com nenhuma promessa de campanha, com clara Por outro lado , nossas divergências são do tamanho de um grão de areia, e eu mesmo devo abaixar minha cabeça em respeito e vergonha por as vezes

Para entender a atual crise no PSL , é preciso voltar até janeiro de 2018, quando o então deputado federal Jair Bolsonaro decidiu se filiar ao partido para

Entre os 20 deputados que assinaram a carta, está o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro© Reprodução/Twitter/@BolsonaroSP (16.set.2019) Entre os 20 deputados que assinaram a carta, está o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro

Deputados do PSL divulgaram nota conjunta em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, que atravessa semana de embates com o comandante nacional do partido, Luciano Bivar. Eis a íntegra da nota, assinada por 20 dos 53 deputados federais que compõem a bancada do PSL na Câmara –dentre eles Eduardo Bolsonaro (SP), filho  do presidente.

No texto, os congressistas cobram “renovação” nas práticas da direção do partido para que a legenda possa contribuir para o estabelecimento de uma “nova política“.

Partido 99% fiel ao governo, PSL agora ameaça pauta de Bolsonaro

  Partido 99% fiel ao governo, PSL agora ameaça pauta de Bolsonaro Partido 99% fiel ao governo, PSL agora ameaça pauta de BolsonaroSegundo levantamento do Estado utilizando a ferramenta Basômetro, que mede o governismo de deputados e partidos, o PSL é o partido que mais deu suporte às propostas de interesse do governo na Câmara. Parlamentares da sigla votaram com Bolsonaro em 99% das vezes – índice superior a DEM e Novo, que deram 94% dos votos alinhados ao governo.

Caio Coppolla: “Coibir policial de neutralizar bandido é inversão de valores” - Продолжительность: 11:59 Morning Show 354 548 просмотров. AO VIVO: DEPUTADOS E SENADORES VOTAM VETOS DO PRESIDENTE BOLSONARO - FARRA DOS 30 BILHÕES Ficha Social 111 зрителей.

Matéria tendenciosa da globo: Bolsonaro diz que tem apoio de 110 deputados , mas não divulga nomes Lista não foi apresentada por 'acordo de confidencialidade'

Segundo o grupo, o compromisso é com “o projeto de 1 novo Brasil”, o qual é “encabeçado” por Bolsonaro, eleito em 2018. Os congressistas defendem a construção de “1 país livre da corrupção, em nome dos valores republicanos voltados à consolidação da nossa bandeira de ética na democracia e de justiça social”.

Não há menção no texto sobre a eventual saída dos deputados do partido. De acordo com a legislação brasileira, as cadeiras na Câmara pertencem às legendas, e não aos deputados –o que deixaria eventuais desertores do PSL sem mandato. Só é possível trocar de agremiação sem correr esse risco durante a janela partidária (em março de 2022), ou alegando que houve desvio do programa do partido ou discriminação.

Na noite dessa 3ª feira (8.out.2019), deputados do PSL jantaram com o presidente da legenda, Luciano Bivar, num restaurante em Brasília. O encontro se deu horas após o presidente Bolsonaro ter atacado publicamente Bivar ao dizer a 1 apoiador, na saída do Palácio do Alvorada, que ele está “queimado para caramba.

Em meio à crise no PSL, Centrão quer endurecer punição a quem mudar de legenda

  Em meio à crise no PSL, Centrão quer endurecer punição a quem mudar de legenda Em meio à crise no PSL, Centrão quer endurecer punição a quem mudar de legendaNão sem motivo: certos de que Bolsonaro deixará o PSL mais cedo ou mais tarde, políticos de centro-direita querem impedir que ele tire dividendos do racha e carregue os dissidentes para uma sigla em construção.

Deputados federais do PSL contrataram com dinheiro público da Câmara escritórios de advocacia que também prestam serviços para eles próprios em causas particulares. Os parlamentares do PSL foram eleitos com um discurso de renovação na política e moralidade nos gastos públicos.

Mourão preparado! Janaína arrependida: debandada geral! Janaína Paschoal pediu publicamente que Bolsonaro seja afastado instantaneamente! SEM IMPEACHMENT! Para a Dep Estadual Mais votada de São Paulo, não há tempo para um processo de impedimento tamanha

Mais cedo, Luciano Bivar disse que Bolsonaro já estava afastado do partido. “A fala dele foi terminal, ele já está afastado. Não disse para esquecer o partido? Está esquecido”, disse à jornalista Andréia Sadi, da Globo News. Em seguida, Bolsonaro disse que não pretende deixar o PSL“de livre e espontânea vontade”.

Deputados do PSL voltaram nesta tarde a participar de uma reunião, desta vez com o próprio Bolsonaro. Os advogados do presidente, Admar Gonzaga e Karina Kufa, também participaram do encontro, no qual defenderam a existência de uma brecha para eventual debandada do PSL. A tese defendida é a de que há “justa causa” para a desfiliação devido ao fato de que a legenda “não tem transparência com recurso partidário, que é recurso público entregue ao partido em face dos votos dedicados aos parlamentares pelos eleitores do Brasil“.

Os signatários da nota defendem que, para construir o país que desejam, é necessária uma “plataforma partidária ampla”. “Esse partido [plataforma], para nós, ainda é o PSL”, afirmaram.

Bolsonaro não tem mais nenhuma relação com o PSL, diz presidente do partido

  Bolsonaro não tem mais nenhuma relação com o PSL, diz presidente do partido Bolsonaro não tem mais nenhuma relação com o PSL, diz presidente do partido"Quando ele diz a um estranho para esquecer o PSL, mostra que ele mesmo já esqueceu. Mostra que ele não tem mais nenhuma relação com o PSL", afirmou o dirigente partidário ao Broadcast Político/Estado.

Uma das deputadas mais próximas de Bolsonaro , Carla Zambelli vai lançar pelo mesmo PRTB aliados em cidades do interior. Em Belo Horizonte, o deputado estadual Bruno Engler, que foi expulso do PSL e lidera o Avança Brasil de Minas, será o representante do bolsonarismo na disputa à prefeitura.

Mauro (Reginaldo Faria) é um jornalista, casado e de meia idade, que aluga uma casa em uma praia da pacata localidade de Búzios, então distrito do município

“Mas para que partido contribua para o estabelecimento de uma nova política, é preciso que a atual direção adote novas práticas, com a instauração de mecanismos que garantam absoluta transparência na utilização de recursos públicos e democracia nas decisões”, defenderam.

Na nota, os deputados endossaram também a insatisfação com o presidente do PSL, que é investigado pela PRE-PE (Procuradoria Regional Eleitoral de Pernambuco) por suspeitas de caixa 2 na campanha a deputado federal e não estaria tendo uma conduta transparente em relação aos recursos do fundo partidário do partido.

Os deputados concluíram afirmando que defendem “a construção de 1 partido forte, transparente, democrático e que represente os anseios da sociedade brasileira”.

Migração para o Podemos

O deputado José Nelto (Podemos-GO) informou, por meio do Twitter, que ainda em outubro 7 congressistas do PSL vão “migrar” para o Podemos.

“Ainda neste mês, sete parlamentares do PSL vão migrar para o partido. Aqueles que tem compromisso com a ética, transparência e combate à corrupção serão bem vindos no Podemos. Nós queremos o melhor para o nosso país e vamos continuar trabalhando para isso”, disse.

  Deputados do PSL tomam lado de Bolsonaro, mas minimizam chance de debandada © Fornecido por Poder360 Jornalismo e Comunicação S/S LTDA.

______________________

Bolsonaro pede a Bivar dados sobre PSL para auditoria externa .
Bolsonaro pede a Bivar dados sobre PSL para auditoria externaO objetivo é usar os documentos, que devem ser apresentados em um prazo de cinco dias, para promover uma auditoria independente. Apoiado por 20 deputados federais e o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), o pedido do presidente marca um novo capítulo na crise instalada dentro do partido.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 3
Isto é interessante!