Política: Justiça reduz em R$ 5,05 milhões multa por vigília ‘Lula livre’ - - PressFrom - Brasil

Política Justiça reduz em R$ 5,05 milhões multa por vigília ‘Lula livre’

02:05  16 outubro  2019
02:05  16 outubro  2019 Fonte:   poder360.com.br

Por suspeita de pirâmide financeira, MPF analisa empresa ligada a Ronaldinho

  Por suspeita de pirâmide financeira, MPF analisa empresa ligada a Ronaldinho Por suspeita de pirâmide financeira, MPF analisa empresa ligada a RonaldinhoA Comissão de Valores Mobiliários (CVM), entidade que fiscaliza o mercado de investimentos, abriu um processo após receber denúncia contra o negócio. A empresa promete rendimento de até 2% ao dia em bitcoins a clientes que investirem a partir de 30 dólares, além de bônus para indicações.

Justiça reduz em R $ 5 , 05 milhões multa por vigília ‘ Lula livre ’

Homenagem na Vigília Lula Livre . Foto: Eduardo Matysiak. 17.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná diminuiu a multa ao PT no Estado e à CUT de R $ 5 , 5 milhões para R $ 50 mil por desrespeito ao acordo para as manifestações em torno da Superintendência da Polícia Federal em

Protesto em defesa do ex-presidente Lula da Silva, Lula Livre© Sérgio Lima/PODER 360 Protesto em defesa do ex-presidente Lula da Silva, Lula Livre

O TJ-PR (Tribunal de Justiça do Paraná) determinou, nesta 3ª feira (15.out.2019), a redução do valor da multa imposta ao PT e à CUT (Central Única dos Trabalhadores) por causa da chamada ‘Vigília Lula Livre’.

A penalidade foi aplicada depois que a militância que apoia Lula desrespeitou as regras para realizar as manifestações em torno da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde o ex-presidente está preso desde abril de 2018.

A decisão foi expedida pelo desembargador Fernando Paulino da Silva Wolff Filho, da 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), que reduziu a pena inicial, fixada em R$ 5,5 milhões, para R$ 50 mil.

O magistrado classificou a multa anterior como “desproporcional”.


______________________

Defesa de Lula pede que TRF-4 suspenda julgamento que anularia condenação .
Defesa de Lula pede que TRF-4 suspenda julgamento que anularia condenaçãoO desembargador João Pedro Gebran Neto marcou o julgamento do caso para o dia 30 de novembro. O Tribunal vai definir se a condenação imposta ao ex-presidente violou o direito a ampla defesa.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!