Política: Crise no PSL ajuda a turbinar a participação do MDB em cargos chaves - - PressFrom - Brasil

Política Crise no PSL ajuda a turbinar a participação do MDB em cargos chaves

13:40  19 outubro  2019
13:40  19 outubro  2019 Fonte:   correiobraziliense.com.br

Presença de militares aumenta em 30 órgãos federais no governo Bolsonaro

  Presença de militares aumenta em 30 órgãos federais no governo Bolsonaro Presença de militares aumenta em 30 órgãos federais no governo BolsonaroO presidente, o vice Hamilton Mourão e 8 dos 22 ministros são militares. Com o acréscimo de 325 novos postos ocupados por militares, cerca de 2.500 militares estão agora em cargos de chefia e assessoramento na gestão bolsonarista.

A convenção do PSL decidiu suspender cinco deputados ligados a ala bolsonarista. Após derrotas na sigla, presidente terá que retomar conversas políticas a cargo de novo articulador. Maior partido do país em número de filiados, o MDB foi, até agora, o maior beneficiário da crise interna do PSL .

Filhos de Bolsonaro têm 116 cargos nomeados na estrutura do Congresso : Em live, Bolsonaro não comenta crise do PSL Em live, Bolsonaro Joice Hasselmann diz que deputados foram ‘pressionados a dar golpe’ no PSL “Algumas pessoas, eu sinto muito, foram pressionadas e não conseguiram

Nomeação do senador Eduardo Gomes (TO) fortalece estratégia do partido para ampliar espaço de poder© Brizza Cavalcante/Agência Câmara Nomeação do senador Eduardo Gomes (TO) fortalece estratégia do partido para ampliar espaço de poder

Maior partido do país em número de filiados, o MDB foi, até agora, o maior beneficiário da crise interna do PSL. Com a substituição da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO) como líder do governo no Congresso, o MDB passa a ocupar duas lideranças do governo de Jair Bolsonaro (PSL) no Legislativo. No Senado, o líder do governo é o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

O perfil de Gomes alinhado ao de Bolsonaro, foi o que levou à escolha do presidente. O senador votou contra desidratar a reforma da Previdência e a favor do decreto presidencial que flexibilizou o porte de armas. A nomeação dele favorece a estratégia do MDB de ampliar seu espaço de poder. O partido também está de olho nas eleições municipais de 2020.

Em live, Bolsonaro não comenta crise do PSL

  Em live, Bolsonaro não comenta crise do PSL Em live, Bolsonaro não comenta crise do PSLO presidente falou principalmente sobre medidas na Economia e começou a transmissão anunciando que a décima terceira parcela do Bolsa Família será paga também nos anos seguintes e não só em 2019, como prevê medida provisória assinada esta semana.

Crise no PSL ajuda a turbinar a participação do MDB em cargos chaves . Ele também defendeu que a Amazônia necessita de uma administração que leve em conta os componentes social, econômico e de segurança, este com a participação das Forças Armadas.

Bolsonaro inicia viagem pela Ásia que durará duas semanas Briga do PSL tem como centro Fundo Partidário Entenda a discussão sobre o veto de Bolsonaro à lei de violência doméstica Bolsonaro inicia viagem pelo Oriente Médio e Leste da Ásia Crise no PSL ajuda a turbinar a participação do MDB

Segundo o especialista em direito eleitoral e político Eduardo Tavares, a intenção da legenda é eleger o maior número possível de prefeitos para reforçar a base política e aumentar, nas eleições seguintes, a bancada de deputados e senadores. Apesar de ter encolhido no pleito do ano passado, o partido é o dono da maior bancada no Senado e o quinto maior na Câmara, ao lado do PSD, com 34 deputados federais.

“O MDB com poder de articulação consegue apresentar base e trazer aliados. Em razão disso, demonstra a necessidade de estar mais dentro do governo e consegue retomar a visibilidade. Posteriormente, deve voltar a buscar a Presidência do Senado, a da Câmara ou, ainda, os ministérios. Há uma nítida demonstração de interesse”, analisa Tavares.

''Não esperava nenhum tipo de gentileza'', diz Joice sobre destituição

  ''Não esperava nenhum tipo de gentileza'', diz Joice sobre destituição ''Não esperava nenhum tipo de gentileza'', diz Joice sobre destituição"Foi ingrato, mal educação. Eu fiquei sabendo pela imprensa. Mas eu conheço o jeitão. Não esperava nenhum tipo de gentileza. Eu sei quem é o presidente, respeito o presidente, ou era o presidente, ou era o Hadad, não tinha o que fazer. Eu acreditei na mudança e continuo acreditando, mas acho que a melhor ajuda dá quem mostra os erros. Quando você tem uma sombra de pessoas dizendo só amém, isso prejudica o Brasil", avisou.

Crise no PSL turbina participação do MDB em cargos chaves (Correio Braziliense). Uma das primeiras a romperem com o PSL , Alê Silva denunciou o envolvimento do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, num esquema de candidaturas laranjas nas eleições de 2018 em Minas Gerais.

da Ásia Crise no PSL ajuda a turbinar a participação do MDB em cargos chaves Embate entre Bolsonaro e Delegado Waldir pode parar na Justiça Marco Feliciano (Podemos-SP), acusa o general da reserva de "conduta indecorosa, desonrosa e indigna" e de "conspirar" para conseguir o cargo de

O especialista avalia que o MDB oferece governabilidade a Bolsonaro. “É o que o PSL busca. O MDB vai oferecer governabilidade. Trazendo aliados, mostra para o Planalto que precisa deles e abre essa coalizão. O MDB teve perda de prefeitos e precisa retomar a base. Quanto mais ele tiver a nível municipal, mais possibilidade de barganha política a nível nacional terá. É uma construção de musculatura para buscar a Presidência, que é o sonho de todo partido. O MDB está vindo de baixo para cima”, completa.

O analista político Carlo Barbieri ressalta que o partido sofreu revés nas últimas eleições por escândalos de corrupção. O retorno, de acordo com ele, dá ao partido uma nova oportunidade de participar do governo, das verbas e cargos. “Por outro lado, teria mistura da imagem do governo PSL, que se coloca contra corrupção com o MDB, o que melhora a imagem da ‘velha política’, pela qual poderia ser atacado. É uma jogada inteligente, habilidosa.”

Carla Zambelli: ‘Bivar está prometendo R$ 2 milhões’

  Carla Zambelli: ‘Bivar está prometendo R$ 2 milhões’ Deputado defende ala do PSL ligada ao presidente Jair Bolsonaro

da Ásia Crise no PSL ajuda a turbinar a participação do MDB em cargos chaves Embate entre Bolsonaro e Delegado Waldir pode parar na Justiça Desde que assumiu, porém, Santos Cruz era visto com ressalvas por parlamentares, que reclamavam da presença no cargo de um militar pouco

Crise no PSL ajuda a turbinar a participação do MDB em cargos chaves Embate entre Bolsonaro e Delegado Waldir pode parar na Justiça Defesa de Lula quer impedir a progressão de regime do ex-presidente Em fala sobre contingenciamento

Ao contrário de Tavares, Barbieri diz que o MDB não se preocupa com a eleição presidencial de 2022. “A eles, interessa o poder. Ter poder no Congresso e, a partir daí, no Executivo, sempre foi o que fez o partido mais forte. Pela primeira vez, um presidente governaria sem o MDB. A ausência durou pouco porque em um ano ele já está voltando ao poder”, concluiu.

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) afirmou que a escolha por Gomes como líder do governo no Congresso foi uma decisão de Bolsonaro, e não significa que o partido esteja buscando uma aproximação com o governo. “Foi uma escolha pessoal do presidente. O partido não tem alinhamento com o governo, tem uma posição de independência. Se estamos em evidência, é mérito dos senadores, que têm competência”, disse o emedebista.

_____________________________________________________________________________

Presidente do Chile pede que ministros coloquem cargos à disposição .
Presidente do Chile pede que ministros coloquem cargos à disposição“Pedi a todos os ministros para colocar seus cargos à disposição para poder estruturar 1 novo gabinete para poder enfrentar essas novas demandas”, afirmou Piñera em pronunciamento no Palácio da Moeda, sede do Executivo chileno.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 1
Isto é interessante!