Política Assessora de Eduardo atuou em central de memes contra adversários, diz jornal

17:00  26 outubro  2019
17:00  26 outubro  2019 Fonte:   poder360.com.br

Bolsonaro suspende indicação do filho Eduardo para embaixada nos EUA, diz site

  Bolsonaro suspende indicação do filho Eduardo para embaixada nos EUA, diz site Bolsonaro suspende indicação do filho Eduardo para embaixada nos EUA, diz siteDe acordo com a publicação, interlocutores diretos de Eduardo Bolsonaro afirmaram que é quase zero a chance de indicação ainda em 2019. A crise no PSL e a falta de votos no Senado seriam os principais motivos da suspensão.

“Como forma de resguardar o contribuinte de um emaranhado de obrigações tributárias, muitos municípios têm optado por exigir esses três tributos de forma conjunta em um único documento de cobrança”, disse o parlamentar. © Sérgio Lima/Poder360 O deputado Eduardo Bolsonaro é.

# Memes #AcessoradeEduardo #EduardoBolsonaro. # Memes #AcessoradeEduardo #EduardoBolsonaro. Assessora de eduardo usou dinheiro público para fazer memes contra adversários .

O deputado Eduardo Bolsonaro é presidente do diretório do PSL em São Paulo© Sérgio Lima/Poder360 O deputado Eduardo Bolsonaro é presidente do diretório do PSL em São Paulo

Uma integrante da equipe do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) teria participado de uma central de fabricação e distribuição de dossiês e memes apócrifos criada em São Paulo para atacar adversários, segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo publicada neste sábado (26.out.2019).

Segundo a Folha, a assessora Sonaira Fernandes de Santana participava de 1 grupo de WhatsApp criado pelo deputado estadual Gil Diniz (PSL-SP), conhecido como Carteiro Reaça. O político é considerado 1 aliado próximo da família Bolsonaro.

Deputados bolsonaristas apresentam nova lista para nomear Eduardo líder do PSL na Câmara

  Deputados bolsonaristas apresentam nova lista para nomear Eduardo líder do PSL na Câmara Deputados bolsonaristas apresentam nova lista para nomear Eduardo líder do PSL na CâmaraO líder do governo na Câmara, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), apresentou uma nova lista nesta segunda-feira à Secretaria-Geral da Mesa Diretora da Casa para nomear o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, como novo líder do partido.

Sonaira Santana participou de grupo do deputado Gil Diniz que fazia memes contra rivais. Uma assessora do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) participou de uma central de Eduardo Bolsonaro e Sonaira não responderam ao jornal . Às 13h desta sexta, o deputado escreveu

Uma central de fabricação e distribuição de dossiês e memes (montagens com fotos e textos) apócrifos criada em São Paulo para atacar adversários . Você vai ter de provar na Justiça essa central de dossiês, bom trabalho”. Eduardo Bolsonaro e Sonaira não responderam ao jornal .

As trocas de mensagens teriam sido feitas antes da eleição para a Mesa Diretora da Assembleia, realizada em 15 de março de 2019, data em que o congressista, já diplomado, tomou posse.

O grupo teria o nome de “Gabinete Gil Diniz”. Segundo a reportagem, o deputado orienta e discute a confecção das peças apócrifas com ataques a adversários. Um dos alvos foi o deputado Cauê Macris (PSDB), que concorria à eleição para a presidência da Assembleia com a deputada Janaína Paschoal (PSL).

Sonaira Fernandes de Santana era uma das integrantes. Ela trabalha pelo menos desde fevereiro de 2015 com a família Bolsonaro, quando foi nomeada para o gabinete de Eduardo na Câmara dos Deputados.

Em abril de 2018, passou a trabalhar no gabinete de Jair Bolsonaro, à época pré-candidato à presidência da República. De janeiro a março de 2019, Sonaira voltou a trabalhar no gabinete de Eduardo. Depois, passou a assessorar Gil Diniz.

Deputados pró-Bolsonaro conseguem liminar para barrar suspensão do PSL

  Deputados pró-Bolsonaro conseguem liminar para barrar suspensão do PSL Deputados pró-Bolsonaro conseguem liminar para barrar suspensão do PSL"Vitória! Justiça do DF concede liminar contra atos arbitrários do PSL que tentou punir 19 deputados do grupo que apoiou @BolsonaroSP (deputado Eduardo Bolsonaro) e pediu a saída do delegado Waldir da liderança, por terem pedido transparência nas contas do partido", disse a deputada em sua conta no Twitter.

A assessora do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Sonaira Santana, participou da central de fabricação e distribuição de memes – montagens com fotos e textos que tem como objetivo viralizar na Internet – criada A assessora trabalha pelo menos desde 2015 com o clã Bolsonaro.

Assessora de Eduardo atuou em central de memes contra adversários , diz jornal Presidente da CPMI das Fake News reconhece haver ‘guerra de torcidas’ Tensão faz deputados do PSL defenderem debandada sem fundo e tempo de TV Flávio Bolsonaro grava vídeo para se explicar sobre áudio

OUTRO LADO

Questionado pela Folha sobre o uso de servidores públicos para criação das montagens, Diniz disse que os fatos relatados foram em fevereiro, quando os envolvidos nas conversas não tinham sido ainda nomeados para cargo. “As ações, portanto, foram feitas de maneira voluntária“.

Em nota enviada na quinta (24.out) ao jornal, Diniz disse que “até o presente momento não fomos informados de que a produção de memes representa alguma modalidade de crime, ainda mais quando produzidos de forma voluntária e distribuídos entre amigos“.

Procurado novamente pela reportagem na sexta (25.out), afirmou: “Amigão, o papo agora é só na Justiça. Você vai ter de provar na Justiça essa central de dossiês, bom trabalho“.

Eduardo Bolsonaro e Sonaira não responderam. Às 13h de 6ª (25.out), o deputado escreveu no Twitter: “Ei! Psiu! É… É você mesmo. Pare de fazer memes. Meme é crime. Memes matam…”. A assessoria do presidente Jair Bolsonaro não comentou.

Ataque de servidores públicos em redes sociais é 'improbidade', diz Olimpio

  Ataque de servidores públicos em redes sociais é 'improbidade', diz Olimpio Ataque de servidores públicos em redes sociais é 'improbidade', diz OlimpioDerrotado na disputa pela liderança do PSL na Câmara, o grupo ligado ao presidente da legenda, Luciano Bivar (PE), da qual Olimpio faz parte, prepara uma reação para minar a força da ala que apoiou o presidente Jair Bolsonaro e reconquistar a hegemonia política no partido. A ideia é levar para o campo jurídico os embates e atacar o poder dos filhos de Bolsonaro no partido, retirando o comando dos diretórios do Rio e de São Paulo do controle da família.

Fala tudo que eu queria ouvir Me chama de amor Mesmo sabendo que não dá em nada Finge que é louca por mim Tô quase acreditando que tá apaixonada Me manda frases decoradas Diz que ama meu perfume E que sonha comigo Mas no meio da madrugada Levanta devagarinho E me deixa na cama

Mais de 5,5 milhões de benefícios pendentes de análise por irregularidade devem ser revisados. Saiba o conteúdo da medida assinada pelo presidente Jair Bolsonaro. Assessora de Eduardo atuou em central de memes contra adversários , diz jornal Presidente da CPMI das Fake News reconhece

  Assessora de Eduardo atuou em central de memes contra adversários, diz jornal © Reprodução/Twitter

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) disse em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, que assessores de Carlos, Eduardo e Flávio Bolsonaro lideram uma rede especializada em disseminar pelas redes sociais campanhas de difamação e notícias falsas contra adversários políticos.

O Congresso criou uma CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) para investigar ataques cibernéticos e o uso de perfis falsos para influenciar a eleição de 2018.

_______________________

Assessora convocada para CPI da Fake News é demitida .
Assessora convocada para CPI da Fake News é demitidaFeijó trabalhou na comunicação da campanha que elegeu Jair Bolsonaro no ano passado. Na época, ela atuava na AM4 Inteligência Digital, empresa que prestou serviço ao então candidato.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 0
Isto é interessante!