Política: Placa rasgada em exposição sobre racismo é recolocada na Câmara com aviso ao lado - - PressFrom - Brasil

Política Placa rasgada em exposição sobre racismo é recolocada na Câmara com aviso ao lado

03:25  21 novembro  2019
03:25  21 novembro  2019 Fonte:   estadao.com.br

Alberto fica indignado com o ciúmes de Vera. Hoje (11) em “Bom Sucesso”

  Alberto fica indignado com o ciúmes de Vera. Hoje (11) em “Bom Sucesso” Segunda-feira 11 de novembro – Capítulo 91 – Bom Sucesso Alberto fica indignado com o insulto de Vera, que o acusa de estar seduzindo Paloma. Glória conta a Luan que The post Alberto fica indignado com o ciúmes de Vera. Hoje (11) em “Bom Sucesso” appeared first on Novelando.

Placa quebrada pelo deputado Coronel Tadeu (PSL-SP), com charge que compunha exposição sobre Dia da Consciência Negra na Câmara - Pedro Se o deputado não sabe, racismo é crime e está na Constituição", afirmou Helder Salomão Pediram ainda que Maia recoloque a placa da exposição

O deputado Coronel Tadeu (PSL-SP) destruiu nesta 3 ª feira (19.nov.2019) parte de uma exposição sobre racismo fixada em 1 corredor da Câmara . A obra

Cartaz em exposição contra o racismo na Câmara foi arrancado na última terça. © Gabriela Biló/Estadão Cartaz em exposição contra o racismo na Câmara foi arrancado na última terça.

BRASÍLIA - Após um acordo costurado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com a bancada da bala e bancada negra, a placa arrancada e rasgada pelo deputado Coronel Tadeu (PSL-SP), de uma exposição sobre racismo na Câmara, foi recolocada em seu lugar.

A imagem foi remendada com pregos e um aviso foi exposto ao seu lado. “A bancada negra sabe que essa charge não representa toda a corporação e respeita os policiais que não corroboram para essas estatísticas e trabalham em prol do povo brasileiro”, diz o recado.

Deputado do PSL arranca cartaz sobre exposição contra o racismo na Câmara

  Deputado do PSL arranca cartaz sobre exposição contra o racismo na Câmara Deputado do PSL arranca cartaz sobre exposição contra o racismo na Câmara BRASÍLIA – Uma exposição que trata do racismono Brasil virou motivo de bate-boca na tarde desta terça-feira, 19, na Câmara dos Deputados. O deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP) arrancou da parede da exposição uma imagem em que aparecia um policial, de arma na mão, e um rapaz negro estendido no chão, com a camisa do Brasil e algemado. No cartaz, lia-se a frase “O genocídio da população negra”. O ato do deputado provocou reação imediata de deputados presentes na Casa.

Deputado do PSL arranca cartaz sobre exposição contra o racismo . O debate sobre o racismo dominou o plenário da Câmara nesta noite depois do episódio. " A violência de rasgar uma placa de uma exposição dentro do Congresso é compatível com a violência que se vê nas periferias e favelas

O Deputado Coronel Tadeu vandaliza exposição na Câmara dos Deputados sobre o Mês da Consciência Negra. Não nos surpreende vindo do partido do Bolsonaro, que diz que racismo ' é algo raro no Brasil'. Só reforça q a luta antirracista tem que se fortalecer!

A placa traz uma charge do cartunista Carlos Latuff, em que aparece um policial, com uma arma fumegante na mão, e um rapaz negro estendido no chão, algemado e com a camisa do Brasil. No cartaz, lê-se a frase “o genocídio da população negra”.

O deputado Davi Miranda (PSOL-RJ) disse que era importante manter a placa original, remendada por pregos, para ficar registrado que houve o incidente. “Foi um reconhecimento da nossa resistência e do nosso direito de termos aqui essa placa”, disse a deputada Benedita da Silva (PT-RJ).

O caso provocou polêmica na Câmara ontem e levou partidos de oposição a abrirem representação no Conselho de Ética da Câmara e na Procuradoria Geral da República contra o deputado Coronel Tadeu.

________________________

‘Precisava estancar a ofensa’, diz deputado que destruiu placa contra racismo .
‘Precisava estancar a ofensa’, diz deputado que destruiu placa contra racismoEm seu 1º mandato como congressista, Coronel Tadeu, de 54 anos, é também policial militar. Disse,  em entrevista no estúdio do Poder360, que o quadro ofendia sua categoria. Outros 2 deputados, disse ele, tinham pedido “providências pela curadoria [da exposição], pelo presidente [da Câmara], sei lá qual trâmite administrativo seria adotado”.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 7
Isto é interessante!