Política: Bolsonaro diz que foi pressionado a demitir Paulo Guedes - - PressFrom - Brasil

Política Bolsonaro diz que foi pressionado a demitir Paulo Guedes

01:45  03 dezembro  2019
01:45  03 dezembro  2019 Fonte:   poder360.com.br

Entre vaias e aplausos, Bolsonaro vê jogo do Flamengo no Maracanã

  Entre vaias e aplausos, Bolsonaro vê jogo do Flamengo no Maracanã Presidente do Brasil foi ao estádio ver a partida entre Flamengo e Avaí, nesta quarta-feiraCerca de 360 seguranças foram destacados para fazer a segurança de Bolsonaro no Maracanã. O presidente foi acompanhando do Ministro da Economia Paulo Guedes e do deputado federal Hélio Lopes.

Повторите попытку позже. Опубликовано: 6 нояб. 2019 г. ABSURDO - Paulo Guedes 'quer poder demitir o servidor que for filiado a Gilmar Mendes foi sorteado para julgar Eduardo Bolsonaro no STF - Продолжительность: 10:21 Pensando Alto Roberto Cardoso 13 098 просмотров.

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) disse que vai "rodar o Brasil" em 2020, "fazendo um trabalho de formiguinha, pregando o conservadorismo O que foi reforma da Previdência? Como vai ser o pacote anticrime? Por que o governo fez assim e não assado? O presidente tem uma agenda

Presidente Jair Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes © Sérgio Lima/Poder360 Presidente Jair Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 2ª feira (2.nov.2019) que sofreu pressão dentro do governo para demitir o ministro da Economia, Paulo Guedes, depois de declaração sobre o AI-5, em 25 de novembro.

“Quem pede a cabeça do Paulo Guedes quer desestabilizar a economia”, disse o presidente, em entrevista ao Jornal da Record, da Rede Record.

Em evento nos Estados Unidos, Guedes disse que não é possível se assustar com a ideia de alguém pedir reedição do AI-5 diante de uma possível radicalização dos protestos de rua no Brasil. “Quando o outro lado ganha, com 10 meses você já chama todo mundo pra quebrar a rua? Que responsabilidade é essa? Não se assustem então se alguém pedir o AI-5”, afirmou o ministro depois de ser indagado sobre discursos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva convocando a população para ir às ruas contra a política econômica do governo.

Oposição aciona Guedes na PGR e na Comissão de Ética por fala sobre AI-5

  Oposição aciona Guedes na PGR e na Comissão de Ética por fala sobre AI-5 Oposição aciona Guedes na PGR e na Comissão de Ética por fala sobre AI-5Os pedidos de foram protocolados pela oposição na 4ª feira (27.nov.2019). Os congressistas solicitam à Comissão de Ética a adoção de providências legais “céleres” e que “avalie a ocorrência da prática de improbidade administrativa e/ou outros delitos”. O documento afirma ainda que a manutenção de Guedes como ministro da Economia “viola os princípios da moralidade”.

Bolsonaro disse que Levy "está com a cabeça a prêmio há algum tempo". Clima teria piorado, segundo Bolsonaro , depois da intenção de Levy Falei pra ele demitir esse cara [Marcos Barbosa Pinto] na segunda-feira ou eu demito você, sem passar pelo Paulo Guedes ", disse Bolsonaro

Ferreira comenta a crise na Globo e as mitadas de Bolsonaro e Paulo Guedes sobre a Reforma da Previdência. E-BOOK GRÁTIS - 7 Passos Para Você Criar Seu

Na entrevista à Record –a 11ª à mesma emissora em 11 meses de governo–, Bolsonaro também disse que não se incomoda com a liberdade de Lula –solto em 8 de novembro depois de 580 dias preso–, mas, para ele, o petista tem pregado a intolerância no país.

Questionado sobre falas do ex-presidente que o acusam de participação na morte da vereadora Marielle Franco (Psol-RJ) e o motorista Anderson Gomes, Bolsonaro afirmou que não considera as falas como 1 direito de expressão. “Vamos ter que engolir esse sapo. O barco segue porque o Brasil está indo bem”, afirmou.

O presidente também respondeu às declarações do ex-ministro Gustavo Bebianno de que a democracia está em risco. Bolsonaro disse que não merecia falar sobre Bebianno, não queria lembrar porque ele foi demitido e avaliou que o ex-ministro deve estar feliz ao lado do governador de São Paulo, João Doria. Neste domingo (1º), Bebianno assinou a filiação ao PSDB.

______________

Pressionado, vice de futebol Roberto Melo pede demissão do Internacional .
Depois de ser derrotado por 2 a 1 pelo Goiás em casa, o Internacional passa por mudanças no quadro diretivo. Nesta quinta-feira, o Colorado anunciou que Roberto Melo, então vice-presidente de futebol, pediu demissão do clube. Roberto Melo ocupava o cargo desde o primeiro mandato de Marcelo Medeiros, que foi reeleito em 2018 e ficará […]Roberto Melo tomou a decisão de ser desligado do Inter (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 4
Isto é interessante!