Política: João Doria: “O que mais precisamos no Brasil é Justiça” - - PressFrom - Brasil

Política João Doria: “O que mais precisamos no Brasil é Justiça”

04:55  03 dezembro  2019
04:55  03 dezembro  2019 Fonte:   istoe.com.br

Doria visitará Roma e Milão em julho de 2020

  Doria visitará Roma e Milão em julho de 2020 Governador terá intensa agenda internacional no ano que vemEm entrevista coletiva a correspondentes estrangeiros no Palácio dos Bandeirantes, o tucano disse que passará pelas cidades de Roma, sede da Confederação-Geral da Indústria Italiana (Confindustria), e Milão, capital financeira do país europeu.

João Doria começa falando de futebol. Durante um compromisso de campanha no Sindicato dos Por ter um bom patrimônio, diz, não precisa se envolver com corrupção. Fala em gerir a capital Questionado pela BBC Brasil sobre as 315 mortes a menos que o prefeito Fernando Haddad

Justiça autoriza Doria a aumentar a velocidade nas Marginais nesta quarta. No Brasil tanto a pichação ou o grafite feito em prédios públicos ou privados sem autorização é crime, com “ É preciso fomentar práticas e políticas públicas para que este jovem se expresse de outras maneiras que não o

  João Doria: “O que mais precisamos no Brasil é Justiça” © Marco Ankosqui

Governador de São Paulo, João Doria foi um dos premiados no evento Brasileiros do Ano, na categoria ‘Gestão pública’, realizado pela Editora Três na noite desta segunda-feira (2), em São Paulo.

“Queria começar homenageando os familiares das nove pessoas que faleceram nessa tragédia em Paraisópolis e também a minha solidariedade aos amigos e familiares como governador de São Paulo. Iremos apurar tudo o que aconteceu para que não haja impunidade. O que mais precisamos no Brasil é Justiça, obediência e é isso que São Paulo faz”, afirmou. “Quero também cumprimentar todos os premiados, do setor público, privado, da classe artística, todos que representam a sociedade civil, todos merecedores”, completou.

‘Como candidato, venci os dois’, diz Doria sobre eventual chapa Haddad-Marta

  ‘Como candidato, venci os dois’, diz Doria sobre eventual chapa Haddad-Marta ‘Como candidato, venci os dois’, diz Doria sobre eventual chapa Haddad-MartaA declaração de Doria se referia a possibilidade de uma eventual chapa formada por Haddad e Marta, ambos ex-prefeitos, para a disputa da Prefeitura de São Paulo, como revelou o Estado na quinta-feira. “Como candidato venci os dois, e venci junto com (o prefeito de São Paulo) Bruno Covas, e ele vai repetir a performance ano que vem”, disse Doria, que foi eleito prefeito em 2015, no primeiro turno, derrotando Haddad (PT) e Marta (então no MDB).

João Doria no Instagram. Acompanhe nossas redes sociais

A justiça é lenta e ineficaz, além de ser inacessível a muitos devido aos altos honorários dos Em um país como o Brasil , que faz fronteira com vários países e tem um enorme território que precisa de No Brasil , existem grandes facções criminosas, que são sustentadas pelo narcotráfico, o tráfico de

Doria imprimiu no seu primeiro ano de gestão em São Paulo o mesmo ritmo que exibiu na sua passagem pela Prefeitura da capital: agilidade, dinamismo, capacidade de articulação empresarial e forte agenda liberal. Mais do que isso, procurou se destacar em pelo menos dois aspectos sociais que são cruciais não apenas a um estado, mas a um País: educação e criação de empregos.

Sua agenda de realizações é acelerada: da inauguração de museus (serão pelo menos dois até o final do mandato) à atração de pesquisa para a indústria farmacêutica, passando pela criação de um polo de ciência e tecnologia. Em busca de recursos para a infraestrutura, esteve este ano na China e proporcionou a abertura de um escritório da InvestSP, agência de promoção de investimentos e exportações do Estado, em Xangai. Vai fazer o mesmo no próximo ano em Dubai.

ISTOÉ o premiou em 2018 como “Brasileiro do Ano em Política”. Em 2019, Doria recebe o prêmio de “Brasileiro do Ano em Gestão Pública”. Sobre a distinção, declarou: “Fico sempre muito honrado com o prêmio recebido nessa categoria, sobretudo vindo de uma revista que eu respeito bastante e aprendi a ter como referência no tempo em que estava no setor privado. Receber um prêmio, agora no setor público, vale ainda mais.”

_________________________________

CBF e João Dória se reunirão em janeiro para discutir torcida única .
De acordo com a mandatária do futebol brasileiro, Rogério Caboclo e governador de São Paulo buscam "solução definitiva" para que torcidas possam conviver nos estádiosO debate relacionado à torcida única esteve em pauta durante a semana após o pedido de Polícia Militar e do Ministério Público paulistas para que não houvesse torcedores do Flamengo no jogo contra o Palmeiras, neste domingo, no Allianz Parque.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 1
Isto é interessante!