Política EUA querem Brasil como prioridade em fila para entrar na OCDE

03:26  15 janeiro  2020
03:26  15 janeiro  2020 Fonte:   estadao.com.br

EUA apoiam ingresso do Brasil na OCDE no lugar da Argentina

  EUA apoiam ingresso do Brasil na OCDE no lugar da Argentina Em aceno a Bolsonaro, Washington entrega carta à organização priorizando Brasil na fila de candidatos a vaga no seleto clube de países ricos. Apoio é descrito como "evolução natural" de compromisso entre os dois países. © Reuters/C. Barria Apoio dos EUA à entrada brasileira na OCDE foi discutida em encontro entre Bolsonaro e Trump em março de 2019 Os Estados Unidos manifestaram apoio ao ingresso no Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), colocando o país à frente da Argentina na fila de candidatos endossados.

os EUA vão formalizar que consideram prioridade o ingresso do Brasil na OCDE (Organização Segundo o jornal paulistano, os americanos entregaram uma carta à organização oficializando que querem que o Brasil seja o deixou de ver a entrada no “clube dos países ricos” como prioridade .

20 Coisas Dos EUA Que Intrigam A Maioria Dos Turistas - Продолжительность: 10:38 INCRÍVEL 1 773 973 просмотра. 10 PRODUTOS QUE VOCÊ NÃO VAI ACREDITAR DO QUE SÃO FEITOS - Продолжительность: 11:39 O que quer dizer?

WASHINGTON e BRASÍLIA - O governo dos Estados Unidos decidiu pedir que o Brasil seja priorizado na fila de países que tentam entrar como membros na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A posição será formalizada nesta quarta-feira, 15, em reunião do Conselho da OCDE com representantes dos países membros, em Paris, segundo fontes envolvidas nas tratativas.


Até hoje, o governo Trump vinha se comprometendo com o apoio ao pleito brasileiro de entrar na OCDE, sem indicar formalmente em que posição o Brasil ocuparia na “fila”de candidatos, o que deixava o País no limbo. A mudança acontece depois de um ano em que o governo Bolsonaro mostrou alinhamento com os americanos, apesar de viver percalços na relação com a Casa Branca, e depois de o Itamaraty ter apoiado a ação americana no Iraque que gerou a mais recente crise entre Washington e Teerã.

Bolsonaro comemora apoio dos EUA ao Brasil na OCDE, mas não fala em prazos

  Bolsonaro comemora apoio dos EUA ao Brasil na OCDE, mas não fala em prazos Bolsonaro comemora apoio dos EUA ao Brasil na OCDE, mas não fala em prazos"Falei com o Paulo Guedes agora pela manhã. A notícia foi muito bem-vinda. A gente vinha trabalhando há meses em cima disso, de forma reservada, obviamente", disse o presidente a jornalistas na saída do Palácio da Alvorada.

Prioridades Brasil -Estados Unidos. USS Wasp LHD 1 visita a cidade do Rio de Janeiro. EUA mantém apoio à adesão do Brasil à OCDE . A educação é a base de muitas outras áreas e tem sido prioridade para a Missão Diplomática dos EUA no Brasil há vários anos.

Jornal da Globo- Boeing quer vender caças para o Brasil . Brasil :Feira nos EUA .-Oshkosh Mostra o Avião - White Knight mais moderno do mundo- Um brasileiro?

Nota divulgada pela embaixada dos EUA em Brasília e por um porta-voz do Departamento de Estado americano afirma que “Os EUA querem que o Brasil seja o próximo país a começar o processo de adesão para a OCDE”. “Nossa decisão de priorizar a candidatura do Brasil agora como próximo país a começar o processo é uma evolução natural do nosso compromisso assumido pelo Secretário de Estado e pelo presidente Trump em 2019”, diz a nota dos americanos.

A decisão dos EUA de priorizarem o Brasil na OCDE foi inicialmente divulgada no site da revista Época e confirmada pelo Estado.

A promessa de que os EUA apoiariam o pleito brasileiro de entrada na OCDE foi feita em março, durante a visita do presidente Jair Bolsonaro a Donald Trump, na Casa Branca. Em agosto, no entanto, a agência Bloomberg revelou que o secretário de Estado, Mike Pompeo, enviara carta à organização na qual manifestou o apoio dos EUA à entrada da Argentina e da Romênia, sem menção ao Brasil. A posição americana frustrou o governo brasileiro na época.

Bolsonaro diz que apoio dos EUA ao Brasil na OCDE é “muito bem-vindo”

  Bolsonaro diz que apoio dos EUA ao Brasil na OCDE é “muito bem-vindo” Disse que não depende só de Trump. Notícia foi dada pela Folha de S. Paulo“Falei com o Paulo Guedes agora de manhã. A notícia foi muito bem-vinda. A gente vinha trabalhando há meses em cima disso –de forma reservada, obviamente. São mais de 100 requisitos para ser aceito. Estamos bastante adiantados, na frente da Argentina”, disse na saída do Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência.

Por que o Brasil quer entrar na OCDE ? A reportagem se baseia numa carta do secretário de Estado americano, Mike Pompeo, enviada ao secretário geral da Em carta do secretário de Estado Mike Pompeo, EUA priorizam Argentina e Romênia para ingresso na OCDE — Foto: Yuri Gripas/Reuters.

Prioridades Brasil -Estados Unidos. USS Wasp LHD 1 visita a cidade do Rio de Janeiro. O visto permite que você viaje para uma porta de entrada dos Estados Unidos (aeroporto, por O serviço de agendamento oferece prioridade nos casos de agendamento para Estudantes e Intercambistas, bem

Agora, os americanos afirmam que “apesar de desejarem que o Brasil seja o próximo país a começar o processo de acesso, os EUA continuam a apoiar as aspirações de entrada da Argentina e Peru e esperam que eles continuem a adotar padrões e melhores praticas da OCDE”, segundo porta-voz do Departamento de Estado.

Os EUA têm defendido um plano lento de expansão do organismo, contrário ao cronograma defendido pelos europeus que abarcaria previsões e plano de adesão dos seis candidatos atuais. Depois da vinda à tona da carta de Pompeo, o secretário de Estado e Trump reiteraram o apoio ao Brasil, mas novamente sem se comprometer com prazos ou estabelecimento de um cronograma que abarque previsão de entrada para os demais candidatos. Em outubro, o secretário-geral OCDE, Angel Gurría, disse em entrevista ao Estado que o obstáculo à adesão do Brasil era a posição dos Estados Unidos.

Confira os próximos passos da candidatura do Brasil à OCDE

  Confira os próximos passos da candidatura do Brasil à OCDE Confira os próximos passos da candidatura do Brasil à OCDEEm entrevista ao Estadão/Broadcast, o secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais, Marcos Troyjo, previu que o Brasil concluirá o processo de adesão à organização ainda na primeira administração Jair Bolsonaro.

Além das praias, Brasil tem mais destinos para se refrescar no verão. Comportamento. Por que algumas pessoas preferem trair a romper a relação. O que elas usam Maiô está em alta, mas celebs querem mostrar barriguinha. Cisgeneridade O que é uma pessoa cisgênero?

Prioridades Brasil -Estados Unidos. EUA mantém apoio à adesão do Brasil à OCDE . EUA prestam assistência técnica contra os incêndios florestais no Brasil . Nota: Os cidadãos dos EUA não precisam de visto para entrar nos EUA , mas, quando estiverem planejando uma viagem ao exterior

Desde então, o Itamaraty vem cobrando que os americanos somem às declarações de apoio à entrada do País na OCDE um cronograma claro de adesão que contemplasse o Brasil. No final do ano passado, diplomatas brasileiros receberam um aceno dos americanos de que o País teria boas notícias sobre a questão da OCDE. Já se especulava, dentro do governo brasileiro, de que o processo de adesão da Argentina poderia perder força. A avaliação é de que o governo eleito ano passado, de Alberto Fernández, já não prioriza a entrada na OCDE como fazia o governo Macri, o que quase anula o desgaste dos EUA com o país ao passar o Brasil na frente.

A discussão sobre a adesão à OCDE gira em torno da divergência entre americanos e europeus sobre o tamanho da instituição. O governo Trump é contrário ao alargamento da instituição, enquanto os europeus pedem um cronograma de entrada que contemple um país de dentro da Europa para cada outro de fora. Na prática, o novo sinal dado pelo governo americano é uma manifestação importante de apoio dos EUA ao Brasil, mas dá pouca esperança de que haja um avanço significativo no processo de adesão se os americanos não chegarem a um consenso sobre o cronograma de entrada de todos os candidatos. A fila de entrada e os prazos de adesão precisa ser consensual entre EUA e os outros 35 membros. Depois do início da adesão, o processo de entrada pode levar cerca de 3 anos, segundo especialistas.

___________________

Na média, maior espera na fila do INSS é pelo BPC, de 195 dias .
Na média, maior espera na fila do INSS é pelo BPC, de 195 dias

—   Compartilhe notícias nas redes sociais
usr: 7
Isto é interessante!