Política Secretário da Cultura, Roberto Alvim cita ministro nazista em pronunciamento

13:45  17 janeiro  2020
13:45  17 janeiro  2020 Fonte:   poder360.com.br

Secretário da Cultura diz que apesar de 'origem espúria', 'assina embaixo' frase de nazista

  Secretário da Cultura diz que apesar de 'origem espúria', 'assina embaixo' frase de nazista Secretário da Cultura diz que apesar de 'origem espúria', 'assina embaixo' frase de nazista"A origem é espúria, mas as ideias contidas da frase são absolutas perfeitas e eu assino embaixo", disse o secretário.

247 – O secretário nacional de Cultura , Roberto Alvim , copiou a proposta nazista ao propor uma nova arte para o Brasil. Reproduzindo uma fala de Joseph Goebbels, ideólogo da propaganda nazista , ele propôs uma nova arte para o Brasil. "A arte brasileira da próxima década será heroica e será

Segundo Alvim , o governo vai "lançar um edital para cinema" focando "filmes sobre a independência do Brasil e sobre figuras históricas brasileiras, alinhados ao 247 - Em live ao lado de Jair Bolsonaro, o secretário da Cultura Roberto Alvim apresentou informações do programa de incentivo à cultura

Roberto Alvim durante pronunciamento veiculado nessa 5ª feira pela Secretaria da Cultura © Reprodução/YouTube/Secretaria da Cultura Roberto Alvim durante pronunciamento veiculado nessa 5ª feira pela Secretaria da Cultura

O secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, citou trechos de uma fala do ministro da Propaganda de Hitler, Joseph Goebbels, em pronunciamento veiculado pelo órgão nessa 5ª feira (16.jan.2020).

“A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional, será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional, e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes do nosso povo – ou então não será nada”.

A fala tem semelhança com 1 discurso de Goebbels feito em 8 de maio de de 1933, no hotel Kaiserhof, em Berlim (Alemanha), para diretores de teatro.

Bolsonaro decide demitir Roberto Alvim da Secretaria de Cultura

  Bolsonaro decide demitir Roberto Alvim da Secretaria de Cultura Bolsonaro decide demitir Roberto Alvim da Secretaria de CulturaEm vídeo em que anuncia o Prêmio Nacional das Artes, Alvim cita textualmente trechos de um discurso do ideólogo nazista Joseph Goebbels.

O dramaturgo Roberto Alvim , secretário de Cultura do governo, afirmou na noite de hoje que 2020 será um ano de "renascimento" Ele aproveitou a tradicional live semanal feita pelo presidente Jair Bolsonaro para anunciar um novo programa de incentivo cultural , a ser lançado na próxima semana.

O secretário especial de Cultura , Roberto Alvim , é diretor, dramaturgo e professor de Artes Cênicas. Formado em Artes Cênicas pela CAL (Casa das Secretário -adjunto da Cultura . Administrador com mais de 47 anos de carreira na iniciativa privada. Foi diretor e conselheiro de diversas organizações

“A arte alemã da próxima década será heroica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos [potência emocional] e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada”, disse Goebbels, segundo o livro “Joseph Goebbels: Uma biografia” (Ed. Objetiva), de 2014, escrito pelo historiador alemão Peter Longerich.

Assista:

Depois da veiculação do vídeo, o nome de Goebbels passou a ser 1 dos termos mais citados no Twitter durante a madrugada de 6ª feira.

O pronunciamento de Alvim foi gravado em uma sala que tem o retrato do presidente Jair Bolsonaro ao fundo, a bandeira brasileira de 1 lado e uma cruz do outro.

“O presidente me fez 1 pedido. Ele pediu que eu faça uma cultura que não destrua, mas que salve a nossa juventude. A cultura é a base da pátria. Quando a cultura adoece, o povo adoece junto. E é por isso que queremos uma cultura dinâmica, mas ao mesmo tempo enraizada na nobreza de nossos mitos fundantes.”

Horas antes da queda, Alvim descartava recuo: “aqui não é direita Nutella”

  Horas antes da queda, Alvim descartava recuo: “aqui não é direita Nutella” Horas antes da queda, Alvim descartava recuo: “aqui não é direita Nutella”"Aqui não é 'direita Nutella'", disse, em desabafo presenciado pela reportagem da Gazeta do Povo. A menção à "Nutella" é referência a uma piada comum nas redes sociais, que relaciona o creme de avelã à falta de firmeza - seu oposto seria um comportamento "raiz". Alvim também disse que não teria uma atitude "paz e amor", para responder aos críticos de seu pronunciamento.

Em tom ufanista, Roberto Alvim explicou as diretrizes da iniciativa, que destinará R$ 20 milhões a obras de diferentes gêneros.

Ao lado de Jair Bolsonaro, o secretário da Cultura Roberto Alvim apresentou dados de programa de incentivo à cultura voltado para conservadores. Também estava presente na live o ministro da Educação, Abraham Weintraub. Em suas sete categorias, o prêmio vai selecionar cinco óperas, 25

Durante o vídeo, o secretário anuncia o Prêmio Nacional das Artes. A iniciativa irá destinar mais de R$ 20 milhões para fomentar a produção artística nas 5 regiões brasileiras. Há 7 categorias. O Prêmio irá selecionar 5 óperas, 25 espetáculos teatrais, 25 exposições individuais de pintura e 25 de escultura, 25 contos inéditos, 25 CDs musicais originais e 15 propostas de histórias em quadrinhos.

“Trata-se de 1 marco histórico nas artes brasileiras. De relevância imensurável. E sua implementação e perpetuação ao longo dos próximos anos irá redefinir a qualidade da produção cultural em nosso país”, disse Alvim.

____________________________

Fux nega ação de advogado que queria reverter demissão de secretário da Cultura .
Fux nega ação de advogado que queria reverter demissão de secretário da CulturaO autor do pedido, advogado Carlos Alexandre Klomfahs, argumentou que a demissão teria violado a liberdade de expressão de Alvim, demitido após pronunciamento com referências a Joseph Goebbels, ministro da propaganda nazista.

—   Compartilhe notícias nas redes sociais

Vídeos temáticos:

usr: 38
Isto é interessante!