Bebidas No lugar de chope, vinho passa a ser servido gelado em torneiras

10:56  27 março  2022
10:56  27 março  2022 Fonte:   istoe.com.br

Gelado de brownie para se deliciar em um dia quente

  Gelado de brownie para se deliciar em um dia quente Precisa de uma sobremesa para se deliciar em um dia quente? Que tal conferir este maravilhoso gelado de brownie?Tempo: 1h20 (+2h de congelador)

Uma nova onda vem se espalhando pelos bares, restaurantes da moda e até mesmo festas. A diversão é tomar vinho gelado (a 2 graus) direto do barril. Trata-se de um sistema de torneiras, parecido com o do chope, ligado, por serpentinas, a um tonel de inox de 20 litros. Apesar da semelhança com as chopeiras, ele tem especificidades próprias e a bebida sai como se fosse vinda da garrafa, elegantemente sem espuma. A ideia do vinho na pressão surgiu há um ano, em plena pandemia, em São Paulo e já chegou ao Rio de Janeiro. Pode parecer estranho tamanha banalização dos rituais, que normalmente envolvem a bebida, mas a ideia vem agradando ao público. No País, o consumo do vinho aumentou 28%, entre 2019 e 2020, enquanto o da cerveja 1,7%. “Além disso, o brasileiro se destaca no mercado global como o consumidor mais aberto às novidades”, diz o consultor Rodrigo Lanari, fundador da Winext. Sete de cada dez apreciadores gostam de expandir o paladar, de acordo com o relatório Wine Brazil Landscape 2021, realizado pela consultoria inglesa Wine Intelligence.

O segredo para fazer seu pão velho parecer novo (funciona sempre)

  O segredo para fazer seu pão velho parecer novo (funciona sempre) Você não vai mais jogar fora seu pão porque ficou difícil depois de ler este truque para deixá-lo crocante novamente.

PRAZER A arquiteta Fernanda Negrelli, na Carlos Pizza, se surpreendeu com o frescor da bebida Wanezza Soares © Wanezza Soares PRAZER A arquiteta Fernanda Negrelli, na Carlos Pizza, se surpreendeu com o frescor da bebida Wanezza Soares

“Nos EUA, vinho na torneira é bem comum. Esse sistema preserva mais a qualidade da bebida, do que o das garrafas com dosadoras”, diz André Penazzi, 33 anos, incorporador de prédios populares do Nordeste. A moda ainda não chegou em João Pessoa, onde mora,” infelizmente”, segundo ele. Se nos EUA, o sistema permite que o consumidor experimente vários rótulos, no Brasil, ele fica restrito ao blend nacional. Alguns se surpreendem ao descobrir a procedência, Caxias do Sul. Esse foi o caso da arquiteta paulistana Fernanda Negrelli, que passou as férias em Portugal, praticando hipismo e, sempre que possível, experimentando novos rótulos do país. Nesse início de ano, ela descobriu a novidade do vinho na torneira. “Gostei muito do rosé. É muito refrescante e senti um aroma floral”, disse ela. Essa tendência renasceu em São Paulo, devido ao projeto Tão Longe, Tão Perto, da sommelier Gabriela Monteleone, de 38 anos, e do argentino Ariel Kogan, importador de vinhos. A ideia da dupla é privilegiar a produção nacional e estabelecer a ponte direta com o consumidor.

6 sobremesas com frutas que conquistam qualquer paladar

  6 sobremesas com frutas que conquistam qualquer paladar Em dias quentes, sobremesas com frutas podem ser as melhores aliadas para se refrescar e deliciar. Confira as receitas deliciosas que o Guia separou para você!Brigadeiro com cereja de cabinho – Foto: Guia da Cozinha

Opção sustentável

“Por ter o envase mais sustentável, diminui a pegada de carbono”, conta Gabriela, referindo-se à eliminação das garrafas no processo. O comerciante precisa apenas abastecer o tonel de inox na loja conceito do projeto, que funciona no Futuro Refeitório, em Pinheiros, bairro paulistano conhecido pelas opções gastronômicas. Para o consumidor, uma das vantagens é o preço. “A meia garrafa e o copo nunca são um bom negócio para o bolso, mas o vinho tirado na torneira tem preço mais atraente”, diz o argentino Luciano Nardelli, de 43 anos, sócio do Carlos Pizza, que conta com duas torneiras. O vinho chileno em taça sai por R$ 39, o da torneira, R$ 28. “O sistema tem ajudado muito a aumentar a penetração da bebida nacional”, diz Lanari. “Apesar de o brasileiro ainda ter ressalvas com o produto local, o nosso vinho melhorou muito. Aos poucos a percepção vem mudando, com incentivos de projetos como o Tão Longe, Tão Perto.”

Gelado de pêssego na travessa

  Gelado de pêssego na travessa Faça esta sobremesa que além de fácil de fazer é muito refrescante!Tempo: 1h (+3h de geladeira)

ENTREVISTA

Conheça mais sobre os idealizadores do projeto vinho na torneira

Apesar de o vinho na torneira não ser uma novidade no mundo, no Brasil é. A moda começou a pegar e ainda há apenas uma empresa nos bastidores desse movimento. Tão Longe, tão perto é formada pela sommelier Gabriela Monteleone, wine diretor do grupo D.O.M., e pelo argentino Ariel Kogan, importador e comerciante de vinhos. A dupla começou com a degustação de vinhos à distância, que resultou em um livro homônimo, Tão Longe, tão perto. Pouco depois, outro projeto surgiu da vontade de Gabriela e Kogan fortalecerem o vinho nacional, oferecendo o produto de uma forma mais sustentável e a um preço mais democrático. Foi então que pensaram no sistema de vinho na pressão, que experienciaram no exterior. Abaixo, Gabriela dá mais detalhes sobre o projeto.

ISTOÉ: O sistema de vinho na torneira é igual ao de chope?

GABRIELA MONTELEONE: É semelhante, mas tem diferenças. Por exemplo, o gás que usamos nesse sistema tem uma mistura diferente dos usados para extrair o chope, uma vez que servimos vinhos tranquilos (não espumantes).

São Roque tem festa dedica à pisa da uva; veja datas

  São Roque tem festa dedica à pisa da uva; veja datas A 10ª Pisa da Uva da Quinta do Olivardo, em São Roque (SP), acontece nos dias 15, 22 e 29 de janeiro e 5 de fevereiro , das 10h às 16h.Veja também: São Roque (SP) ganha hospedagem em tonel de vinhoOs visitantes recebem um chapéu de palha, tesoura e cesto para realizar a colheita aos moldes dos antigos colonos. A pisa acontece em uma construção de pedras usada especificamente para o preparo do vinho.A festa da Quinta do Olivardo é embalada por grupos folclóricos, com muita música e dança lusitanas.

Tão Longe, Tão Perto trabalha apenas com vinhos brasileiros? Por quê?

Sim, trabalhamos somente com vinhos brasileiros, pois dessa forma fortalecemos a produção nacional e conseguimos estabelecer uma ponte direta entre produtor e consumidor. Queremos privilegiar a produção local e o envase mais sustentável com diminuição da pegada de carbono. Vinhos importados não atendem a isso.

Você considera a adesão pelos bares e restaurantes rápida? Ficou surpresa? Como está indo?

Considerando o cenário da gastronomia pós 2 anos de pandemia, fico bastante otimista. Os restaurantes se engajam por diferentes motivos, seja pelo preço acessível, seja pelo fato de ser um produto local com curadoria, e tainda por manter o vinho sempre fresco e sem perdas quando servido em taça. Estamos indo num crescente, mesmo que ainda sozinhos no mercado.

Quais os prós e contras desse sistema para o proprietário da casa?

Em alguns lugares, a questão do espaço. Em um primeiro momento, pode ser um fator limitante (nada que projetos de empresas especializadas não resolvam) para uma casa pequena.

Os prós são muitos. Primeiro é a eliminação do descarte de garrafas de vidro, uma vez que os barrils de inox, que mantem o vinho são retornáveis.  O produtor enche de vinho e nos manda. Nós mandamos para o restaurante, ele vende e depois devolve para nós.  O custo acaba sendo menor também, pelo envase. Além disso, o restaurante e bar que muitas vezes tem perda de produto quando trabalha em taça, nesse sistema esse problema acaba.

Já existe alguma demanda residencial? Sim, existe… para condomínios, festas privadas … o consumidor não precisa investir numa extratora, ele pode alugar e entregamos o barril.

Você pode citar alguns restaurantes que possuem o sistema?

Restaurante Mescla, Futuro Refeitório, Soul Botequim, Carlos Pizza (unidade Jardins) e Le Jazz.

Receitas de risoto para uma refeição prática e deliciosa .
O risoto é a refeição perfeita para quem busca praticidade, mas não abre mão do sabor!Risoto de camarão com palmito – Foto: Guia da Cozinha

usr: 1
Isto é interessante!